Imprimir

Notícias

18/08/2020 | 07h00m - Publicado por: Raphael Araujo | Foto: Divulgação/TV Globo/Raquel Cunha/Gui Maia/João Miguel Júnior/Montagem

Veja casos de justiça das novelas que deram o que falar

Caso de Esther e Beatriz em Fina Estampa não está sozinho entre os folhetins

Veja casos de justiça das novelas que deram o que falar - Divulgação/TV Globo/Raquel Cunha/Gui Maia/João Miguel Júnior/Montagem

Durante a última semana, a versão especial de Fina Estampa, que está substituindo Amor de Mãe na faixa das 21h da TV Globo após paralisação das gravações por conta da pandemia do novo coronavírus, mostrou a “explosão” do caso Vitória, briga entre Esther (Júlia Lemmertz) e Beatriz (Monique Alfradique) na trama pela guarda da pequena de mesmo nome.

Beatriz doou seus óvulos para a clínica da doutora Danielle Fraser (Renata Sorrah), que ao notar que Esther escolheu o esperma de seu falecido irmão, parceiro amoroso de Bia, não pensou duas vezes e uniu os gametas para que a vida gerada no útero da estilista fosse sua futura sobrinha indiretamente.

Após saberem da verdade, Esther e Beatriz se enfrentarão na mídia e na justiça pela guarda de Vitória. Porém, não foi a primeira vez que as novelas colocaram grandes brigas judiciais na trama, e nós do OFuxico lembraremos algumas para você. Confira:

Barriga de Aluguel

Temos aqui um caso extremamente similar ao de Esther e Beatriz, com o foco da briga judicial sendo a guarda de uma criança.

Porém, as circunstancias são bem diferentes entre si, afinal, a briga judicial começou neste caso após Clara (Cláudia Abreu), contratada como barriga de aluguel para o filho de Ana Lúcia (Cássia Kis) e José Carlos (Victor Fasano), acaba se apegando à criança, decidindo lutar pelo direito de poder cria-la.

A briga na justiça acontece em várias etapas, com Clara ganhando a guarda primeiro, mas Ana conquista o direito após recorrer. Antes da terceira audiência, ambas se reúnem para encontrar uma solução viável a ambas.

Êta Mundo Bom

Sandra (Flávia Alessandra) dá um golpe na tia e Anastácia (Eliani Giardini) entra com processo para recuperar bens

Se tem uma coisa que leva casos à justiça, com certeza é questão sobre herança e passagem de bens, com personagens gananciosos dos folhetins fazendo de tudo para conquistar bens materiais antes de se tornarem herdeiros propriamente.

Em Êta Mundo Bom, novela que está sendo exibida no Vale a Pena Ver de Novo, essa é a motivação de Sandra (Flávia Alessandra), que arquiteta diversos golpes contra a tia Anastácia (Eliane Giardini), chegando a falsificar documentos.

Porém, após reunir algumas provas e testemunhas, a ex-ricaça partirá ao tribunal para reaver seus direitos, tendo uma série de reviravoltas no decorrer do processo, que poderá ser visto em breve nas tardes da TV Globo.

A Dona do Pedaço (Agno e Lyris)

Agno (Malvino Salvador) e Lyris (Deborah Evelyn) tiveram grande briga judicial em A Dona do Pedaço

A Dona do Pedaço foi um verdadeiro sucesso de audiência nas telinhas de 2019, e processos/ações judiciais não faltaram no desenrolar da história.

Entretanto, um dos que mais chamou a atenção foi o processo de divórcio entre Agno (Malvino Salvador) e Lyris (Deborah Evelyn), com uma audiência cheia de trocas de desabafos entre o ex-casal.

Ao final, Agno leva a melhor no processo, permanecendo em posse do antigo apartamento dos dois e tendo que pagar apena sum salário mínimo de pensão à Lyris, que não se conforma com o valor estipulado.

Porém, o caso repercutiu entre os telespectadores, com diversos advogados criticando a maneira com que a novela abordou o divórcio, encontrando diversos erros em comparação à vida real

Celebridade

Laura (Cláudia Abreu) travou uma verdadeira guerra com Maria Clara (Malu Mader)

A história principal de Celebridade gira em torno da busca de vingança de Laura (Cláudia Abreu) contra Maria Clara (Malu Mader), produtora de eventos bem sucedida no Brasil.

O grande problema entre as duas, sem o conhecimento da produtora, é que o padrasto de Laura, Ubaldo, escreveu uma canção para sua mãe, que foi roubada pelo falecido noivo de Maria Clara, deixando a jovem vivendo na miséria por conta de um roubo intelectual.

Apesar de Maria Clara nem imaginar que essa situação existe, Laura faz de tudo para sabotá-la e recuperar na justiça o que é dela por direito, não medindo esforços em realizar muitas sabotagens contra a rival até conseguir finalmente provar na justiça que a música é de seu padrasto.

Porém, por conta de sua falta de escrúpulos, acaba vendo Maria Clara se reerguer e reconquistar os clientes por mérito, não herança, perdendo tudo que almejava de fato ter.

Império

Cristina (Leandra Leal) leva o Império de José Alfredo à loucura pela possibilidade de ser filha dele

Aqui temos uma outra semelhança com o caso Vitória de Fina Estampa: a presença de um escândalo midiático acompanhando o processo judicial.

José Alfredo (Alexandre Nero), o Comendador, possui um grande império de joias preciosas, cujo domínio é o objetivo de seus três filho com Maria Marta (Lilia Cabral): José Pedro (Caio Blat), Maria Clara (Andreia Horta), João Lucas (Daniel Rocha).

Apesar de José Pedro ser o mais velho, Zé Alfredo tem Maria Clara como favorita, o que já gera tensões familiares entre eles. Mas tudo esquenta ainda mais quando Cristina (Leandra Leal) aparece como uma possível filha bastarda do Comendador.

Apesar de ela ainda não pretender exigir o exame de DNA e o reconhecimento por parte do milionário, sua tia Cora (Drica Moraes) afirma à imprensa que Zé Alfredo possui uma filha bastarda, fazendo-o reconhecer Cristina como sua filha independente do resultado do exame de DNA.





Notícias Relacionadas

14/12/2020 | 23h00m - Giovanna Prisco

A Força do Querer: Bibi salva a vida de Caio

14/12/2020 | 22h00m - Giovanna Prisco

Haja Coração: Leonora está na mira de sequestrador

14/12/2020 | 21h00m - Giovanna Prisco

Flor do Caribe: Guiomar tem medo de Dionísio



Instagram

Instagram

OFuxico