Imprimir

Notícias

03/10/2019 | 08h10m - Publicado por: Flávia Ávila | Foto: Divulgação

Vem ver 5 curiosidades sobre o Red Hot Chili Peppers

A banda fecha a noite desta quinta-feira (3) do Rock in Rio

Vem ver 5 curiosidades sobre o Red Hot Chili Peppers - Divulgação

E tem muito Rock in Rio ainda! Para fechar a noite desta quinta-feira (3), a banda Red Hot Chili Peppers foi a escolhida, entrando no Palco Mundo a partir das 00h10 com a turnê do álbum The Getaway, de 2016.

Muito conhecida pelo hit Californication, o grupo formado em 1983, em Los Angeles, passou por poucas e boas. De sucesso, troca de integrantes, drogas a morte e renascimento. O RHCP (como é carinhosamente chamado pelos fãs) carrega os 36 anos de carreira completamente consolidados na indústria musical com a mistura de rock and roll, pop, funk e psicodélico que agrada a cada álbum lançado. 

Ganhadores de seis prêmios Grammy, das 16 indicações, e com dois álbuns (Blood Sugar Sexy Magik e Californication) dentro do ranking dos 500 Maiores Álbuns de Todos os Tempos da revista Rolling Stone, o quarteto composto por Flea, Anthony Kiedis, Josh Klinghoffer e Chad Smith consegue conquistar os fãs de décadas e angariar ainda mais admiradores com tempo.

Para comemorar mais uma vinda da banda ao Brasil, o OFuxico preparou uma lista com alguns fatos curiosos do Red Hot. 

Se liga aqui embaixo! 

A banda em uma apresentação no Grammy Awards

Formação original

Os únicos membros do início do grupo que ainda continuam é o vocalista, Anthony Kiedis, e o baixista, Flea (Michael Peter Balzary). 

Conforme o RHCP ia crescendo, algumas desavenças e problemas com drogas fizeram com que as posições de baterista e guitarrista tivessem uma certa rotatividade.

Hillel Slovak foi o primeiro guitarrista. Com idas e vindas, a sua trajetória com o Red Hot Chilli Peppers acabou em 1988, ao ser encontrado morto por conta de uma overdose de heroína. John Frusciante é escolhido para a substituição, mas deixa os amigos por conta de seu vício, então Arik Marshall assume o posto durante a turnê do primeiro e aclamado disco, Blood Sugar Sex Magik. Ao final, Dave Navarro entra no lugar de Marshall, porém não se integra no ritmo e clima da banda, sendo substituído com a volta de Frusciante, recém saído da reabilitação.

Em 2009, John faz um anúncio para confirmar a saída da banda amigavelmente. O motivo foi seguir carreira solo. Com isso, Josh Klinghoffer entra para a banda onde continua até hoje.

Falando da bateria, Jack Irons acompanhou, originalmente, os colegas. Por questões de troca de gravadoras, resolve sair. Cliff Martinez assume a posição e se desliga do grupo com o retorno de Irons.

No entanto, Jack decide deixá-los novamente e, após muitas buscas, Chad Smith se encontra com a energia dos homens e segue até o momento fazendo as batidas do grupo.

Programa social

A música parece realmente importante para o baixista. Flea é o co-fundador do Conservatório de Música Silverlake. A entidade sem fins lucrativos é dedicada a facilitação ao acesso para educação musical. As aulas são divididas entre pagas, com valores populares, e gratuitas, para quem não pode contribuir financeiramente.

Cinema

Anthony Kiedis também é ator, oras. O cantor fez um breve papel como um surfista punk chamado Tone no filme Point Break, de 1991. 

No elenco do longa pode ser visto Keanu Reeves e Patrick Swayze.

Reconhecimento

Anthony Kiedis e Chad Smith

Em 2012, a banda entrou para o Rock and Roll Hall of Fame em uma cerimônia marcante. Antes de se apresentarem no palco, eles participaram de uma coletiva ao lado do ex-integrantes Cliff Martinez e Jack Irons. John Frusciante não apareceu, apesar de uma grande expectativa.

Kiedis ainda fez questão de lembrar com muito carinho de Hillel Slovak. O irmão do músico, James Slovak, estava presente e emocionou com o seu discurso.

Brasil

Pode-se dizer que os fãs brasileiros do Red Hot são muito felizes. Isso porque o quarteto desembarca no país sempre que possível.

Eles já fizeram 14 shows em terra verde e amarela, sendo o último no Lollapalooza 2018. A primeira apresentação aconteceu em 1993, depois de 10 anos de carreira, e passou por São Paulo e Rio de Janeiro. 

Passados seis anos, a banda desembarcou no Brasil em 1999. Em 2001, tocaram no Rock In Rio pela primeira vez, sendo a terceira edição do festival. Foi um recorde de apresentação na época.

Já em 2002, o RHCP aumentou o leque e chegou a se apresentar também em Porto Alegre. Logo foi a vez de voltarem em 2011 e 2013 com o início e o final da turnê I’m With You Tour. Em 2017 pisaram no Rock in Rio de novo, agitando o público na Cidade do Rock.





Notícias Relacionadas

02/10/2019 | 19h45m - Raphael Araujo

Baterista do Red Hot Chili Peppers é flagrado em hotel

01/10/2019 | 11h41m - Giovanna Prisco

Uau! Titi Müller ganha elogios ao posar na banheira



Instagram

Instagram

OFuxico