Imprimir

Notícias

01/01/2020 | 16h00m - Publicado por: Victória Xavier | Foto: Reprodução/Vídeo

Vitor Vilela, animador de Frozen 2, dá detalhes da sequência

O filme chega aos cinemas brasileiros no dia 2 de janeiro


Frozen 2 está prestes a estrear no Brasil e o público mal pode esperar para conferir a sequência do maior filme de animação de todos os tempos. 
 
Marcando mais um número fenomenal, o filme, que estreou fora do Brasil, já alcançou a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria e promete também chegar com pé direito por aqui. 
 
Em entrevista, Vitor Vilela, brasileiro, animador da Disney Animation Studios e uma das mentes criativas por trás dos movimentos e emoções dos personagens de Frozen 2, contou um pouco da sua função dentro da sequência e revelou um pouco dos bastidores. 
 
"Eu sou animador, trabalho com personagens na cena. Basicamente, minha função é dar vida para esses personagens. Faz um tempo que já venho fazendo isso, tanto da Disney quanto em outros estúdios. Além disso, também tenho outro projeto na Disney (Raya e O Último Dragão), que estreia ano que vem, no qual sou Supervisor de Animação. Nesse caso, o trabalho é mais amplo, ou seja, vou liderar alguns grupos de animadores para trazer essa performance à tona", contou.
 
Com seis anos de diferença do primeiro para o segundo filme, Vitor fez um balanço do que mudou na tecnologia de lá para cá.
 
"Mudou bastante coisa. A tecnologia avança rapidamente, de projeto a projeto a gente sente a diferença. Em termos de velocidade, como manipulamos os personagens, tudo está mais tangível. Cada vez mais temos o poder de trazer a realidade e qualidade para as telas. Como técnica não mudou muito, nossa ferramente ficou mais poderosa, sim, ma como técnica a gente ainda segue os caras que fizeram Branca de Neve. Hoje há um poder maior de refinamento, movimentos mais fluidos e realistas, mas seguimos nos baseando nas formas antigas", afirmou. 
 
Com um projeto tão grandioso como Frozen 2, Vilela comentou qual a parte mais desafiadora de todo o processo.
 
"Acho que é trazer a emoção para os personagens. Fazer o movimento é mais fácil, já que todo mundo está acostumado a ver uma pessoa se mexendo, mas quando a questão é emoção, são nuances delicadas, são detalhes que são muito desafiadores. Você precisa passar via imagem que está acontecendo na cabeça do personagem. É complicado, mas é a parte mais legal".
 
Para finalizar, o Animador comentou sobre a mensagem que Frozen 2 aborda.
 
"É uma mensagem linda de união, a gente não consegue resolver as coisas sozinho, a gente precisa de ajuda. Fala também da aceitação do próximo, além da busca pela verdade, do amor, alegria e conquista".

           





Notícias Relacionadas

29/10/2020 | 02h00m - Victória Xavier

A Fazenda: Mirella está cancelada aqui fora?

28/10/2020 | 00h00m - Victória Xavier

A Fazenda: Mateus Carrieri é o galã da edição?



Instagram

Instagram

OFuxico