Imprimir

Notícias

18/12/2010 | 12h30m - Publicado por: Laura Agossini | Foto: Reprodução

Winona Ryder diz que Mel Gibson é homofóbico e antissemita

O ator fez piadas com um amigo gay da atriz em festa

Winona Ryder diz que Mel Gibson é homofóbico e antissemita - Reprodução

A atriz judia Winona Ryder acusou Mel Gibson de tê-la chamado de “fugitiva do forno”, durante uma bebedeira, em referência à forma como os nazistas matavam os judeus prisioneiros dos campos de concentração.

A atriz de O Cisne Negro disse ter percebido que o ator era antissemita e homofóbico durante uma festa em Los Angeles, há 15 anos.

“Era uma daquelas grandes festas de Hollywood e ele estava muito bêbado. Eu estava com um amigo gay e ele fez uma piada terrível sobre homossexuais. E de alguma forma surgiu na conversa que eu era judia e ele disso algo sobre aqueles que escaparam do forno, mas eu não entendi na hora. Nunca tinha ouvido isso antes.”

Winona disse que a conversa foi super estranha e que, quando comentou com outras pessoas que Mel era homofóbico e antissemita, ninguém acreditou.

O termo usado por Mel em inglês é “oven dodger” e é extremamente pejorativo por se referir ao assassinato em massa de judeus em câmeras de gás (fornos) durante o holocausto.

Gibson tem uma longa lista de ataques racistas, chegando a praticá-los até contra os policiais que o prenderam por dirigir embriagado, em 2006.

Este ano surgiram gravações de brigas de Gibson com a ex-namorada Oksana Grigorieva onde ele diz:

“Você parece uma porca e se fosse estuprada por um bando de negros, seria culpa sua.”

 

Tudo sobre famosos você encontra em O Fuxico, o site que é referência no mundo VIP. 





Notícias Relacionadas

21/09/2020 | 21h30m - Michele Marreira

Mel Gibson escreve continuação de A Paixão de Cristo

17/09/2020 | 18h00m - Flávia Almeida

Fã compra casa de Edward Mãos de Tesoura



Instagram

Instagram

OFuxico