Imprimir

Notícias

18/01/2021 | 01h00m - Publicado por: OFuxico | Foto: Reprodução/Instagram

Winona Ryder não superou Johnny Depp

A atriz confessa que ficou um desastre quando eles terminaram

Winona Ryder não superou Johnny Depp - Reprodução/Instagram

Winona Ryder voltou a falar sobre seu relacionamento com Johnny Depp no passado. Os dois namoraram quando ela tinha 17 anos e juntos foram considerados um dos casais mais cobiçados de Hollywood na época.

E embora o romance deles tenha sido tumultuado para dizer o mínimo, ele também trouxe muita dor de cabeça para ela.

Em entrevista à revista InStyle, Ryder admitiu que ela ficou 'uma bagunça' depois de seu rompimento com a estrela de Piratas do Caribe.

“Fiquei muito deprimida depois de terminar com Johnny. Na época eu fui constrangedoramente dramática, mas é preciso lembrar que eu tinha apenas 19 anos", disse.

“Rompimentos são difíceis para qualquer pessoa, mas é particularmente difícil quando a foto da pessoa é documentada e vista em todos os lugares. A maioria das pessoas não tem esse problema adicional quando termina com alguém ", continuou. 

"Quando conheci Johnny, eu era uma virgem pura. Ele mudou isso. Foi meu primeiro tudo. Meu primeiro beijo de verdade. Meu primeiro namorado de verdade. Meu primeiro noivo. O primeiro garoto com quem fiz sexo. Então ele sempre estará em meu coração. Sempre ", acrescentou. 

Depp tem uma longa lista de ex-namoradas famosas: Angelina Jolie, Christina Ricci, Naomi Campbell, Kate Moss, Jennifer Grey, Garcelle Beauvais, Lisa Marie Presley, Ashley Olsen, entre muitas outras. 

 Johnny Deep abre o jogo sobre boatos de bebedeira em set

Defende Depp

 

Uma vez mais, Winona Ryder saiu em defesa de Johnny Depp, com quem namorou no passado. A atriz insistiu que seu ex-namorado 'nunca foi violento ou abusivo com ninguém', em uma declaração de testemunha para apoiar sua defesa em seu processo de difamação em andamento. 

A atriz deveria testemunhar no julgamento por difamação da estrela contra o News Group Newspapers (NGN) sobre uma história publicada no The Sun em 2018, que o chamou de 'espancador de mulheres', com base em alegações de violência doméstica de sua ex-mulher Amber Heard, que ele nega fortemente. 

As ex de Depp, Ryder e Vanessa Paradis, deveriam comparecer ao Supremo Tribunal de Londres nesta semana, mas na quinta-feira (16), foi confirmado que seu testemunho não era mais necessário. 

Foi relatado inicialmente que a decisão foi tomada, uma vez que as editoras aceitaram que nenhuma das mulheres jamais foi agredida pela estrela de Piratas do Caribe, mas os advogados que atuam na NGN esclareceram mais tarde ao jornalista Nick Wallis, que estava cobrindo o caso em seu feed do Twitter, que eles não concordaram com isso e vão levantar a questão em tribunal. 

As declarações de Ryder e Paradis foram divulgadas, com a estrela de Stranger Things insistindo que ela 'se sentia muito segura' com o ator. 

"Entendo que é muito importante falar por minha própria experiência, pois obviamente não estava lá durante o casamento dele com Amber, mas, por minha experiência, que era tão descontroladamente diferente, fiquei absolutamente chocada, confusa e chateada quando ouvi as acusações contra ele", afirmou. 

"A ideia de que ele é uma pessoa incrivelmente violenta é a coisa mais distante do Johnny que eu conheci e amei. Não consigo entender essas acusações", acrescentou Winona. "Ele nunca, nunca foi violento comigo. Ele nunca, nunca foi abusivo comigo. Ele nunca foi violento ou abusivo com alguém que eu já vi. Eu o conheço verdadeira e honestamente, apenas como um homem realmente bom - um cara incrivelmente amoroso e extremamente carinhoso, que era muito protetor comigo e com as pessoas que ele ama, e me senti muito, muito segura com ele. Não quero chamar ninguém de mentiroso, mas, pela minha experiência com Johnny, é impossível acreditar que tais alegações horríveis sejam verdadeiras. Acho extremamente perturbador, conhecendo-o como eu." 

Paradis ecoou as palavras de Ryder em sua própria declaração, que dizia: "Vi que essas declarações ultrajantes foram realmente angustiantes e também causaram danos à sua carreira porque, infelizmente, as pessoas continuam acreditando nesses fatos falsos. Isso é muito perturbador, principalmente porque ele ajudou tantas pessoas em sua vida pessoal e profissional com bondade e generosidade". 

Depp negou repetidamente as acusações, insistindo que ele foi vítima de Amber Heard. O julgamento continua.





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico