Imprimir

Notícias

01/05/2020 | 00h01m - Publicado por: Michele Marreira | Foto: TV Globo/Fábio Rocha

Zezé Di Camargo doa máquina de um milhão para hospital de SP

Cantor e o amigo Júlio Aidar, fizeram a boa ação para o hospital de campanha do Ibirapuera

Zezé Di Camargo doa máquina de um milhão para hospital de SP - TV Globo/Fábio Rocha

O lixo hospitalar cresceu, nos últimos meses, pelo menos dez vezes, e se tornou uma bomba relógio da Covid-19. A pandemia do novo coronavírus não tem sido um desafio apenas para os profissionais de saúde e cientistas.

Os funcionários de empresas que lidam com resíduo hospitalar contaminado precisam, mais do que nunca, de muito cuidado, uma vez que estão correndo sérios riscos de proliferação de doenças.

O cantor Zezé Di Camargo e seu amigo Júlio Aidar (diretor da Sterileasy) se uniram para promover uma ação do bem. Juntos, o artista e o empresário fazem este ato solidário, amanhã, dia 1º de maio, na inauguração do Hospital de Campanha, no Ibirapuera, em São Paulo. Eles vão doar uma máquina de usina portátil de reciclagem.

A máquina, que será doada em comodato, é avaliada em um milhão de reais. Importada, ela traz consigo, modernidade e inovação, solucionando o tratamento do resíduo infectante hospitalar e de laboratórios, diretamente no local de geração de tal material. Isto é, não será necessário transporte dos resíduos hospitalares contaminados.

Máquina doada por Zezé Di Camargo e Júlio Aidar

Os resíduos hospitalares não causam só danos para os seres humanos que possuem contato, mas também caos ambiental, quando em contato desses materiais com o solo ou a água, podendo resultar em danos à vegetação, por exemplo. Ou seja, visto que o vírus está no ambiente, a infecção se espalha de forma mais agressiva.

"Fico curioso em saber como as autoridades ou ambientalistas estão tratando os resíduos hospitalares contaminados em seus municípios?", questionou Zezé Di Camargo.

Se os resíduos forem parar em lixões comuns, o que na maioria das vezes acontece, os patógenos e agentes infectantes estão expostos, correndo o grave risco de alguém entrar em contato com eles. Os catadores de lixo ou mesmo os profissionais do local podem ser afetados. Além disso, até mesmo os animais que possam frequentar os aterros sanitários a céu aberto estão expostos a condições de risco.

Esse tipo de situação é bastante grave, configurando uma irresponsabilidade altíssima por parte dos geradores do resíduo. Quando não se toma o devido cuidado para onde vai o resíduo hospitalar contaminado, configura-se até mesmo um crime.

Mesmo que seja por acidente, colocar outras pessoas e o meio ambiente em uma situação tão perigosa é algo que não deveria jamais acontecer. Esses casos, infelizmente, não são tão raros.

Coronavírus: como a doença afetou o mundo dos famosos
 

  • Ao redor do mundo a cada dia aumenta o número de casos de celebridades afetadas pelo Covid-19
  • Preta Gil contraiu o vírus depois de cantar no casamento de Marcela Minelli, irmã de Gabriela Pugliesi.
  • Fernanda Paes Leme e a própria Gabriela e sua irmã Ornella Minelli. também foram infectadas no casamento.
  • Programações de TV, produção e estreias no cinema e várias turnês e grandes eventos já foram cancelados.
  • Famosos se mobilizam ao redor do mundo fazendo doações para combater a pandemia.

 

Nota do editor: essas informações eram precisas no momento desta publicação. Continuamos a atualizar nossa cobertura de coronavírus à medida que aprendemos mais. Navegue com frequência em nosso site para obter as informações mais atualizadas.

Estrelas de Hollywood, atletas e membros da realeza representam um pequeno número dos mais de 1.000.000 de casos de coronavírus registrados em todo o mundo até o momento. Dada a rapidez com que o novo vírus se espalhou, são muitos os famosos que se declararam infectados, incluindo Tom Hanks, que foi a primeira celebridade a divulgar seus resultados positivos nos testes, o Príncipe Charles, além dos brasileiros Di Ferrero, Preta Gil, Dinho Ouro Preto, Leandro Lehart, Felipe Simas, entre outros. O primeiro ministro britânico Boris Johnson foi o primeiro líder mundial a contrair o vírus. De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, “o coronavírus se espalha principalmente de pessoa para pessoa ”, com sintomas que variam de febre, tosse e falta de ar.

Lollapalooza é adiado por conta do coronavírus

O nome coronavírus tem sido bastante pronunciado ultimamente. Ele foi “batizado” dessa maneira porque tem sua estrutura em formato de coroa. O vírus causador sofre mutações espontâneas e aleatórias, por isso ainda não há uma medicação certeira para combater a doença.

Saiba tudo sobre o coronavírus

 

Uma das prevenções mais eficazes contra o COVID-19 é lavar bem as mãos, incluindo dorso, embaixo das unhas e antebraço, usar álcool gel nos mesmos lugares, imediatamente após a lavagem. O álcool gel forma uma camada protetora e o vírus não resiste a ele, portanto, não consegue se fixar na superfície do corpo. Assim, evita-se de levar o vírus à mucosas. 

Coronavírus atrapalha grandes estreias do cinema

O coronavírus teve uma disseminação bastante rápida em várias partes do mundo, onde além de muita gente infectada, ocorreram várias mortes. A pandemia (enfermidade epidêmica amplamente disseminada) agiu rapidamente no mundo dos famosos também, infectando nomes bem conhecidos por todos nós.

Saiba quais celebridades brasileiras foram infectadas pelo coronavírus clicando aqui
Saiba quais celebridades internacionais contraíram a COVID-19 clicando aqui





Notícias Relacionadas

01/05/2020 | 00h00m - Michele Marreira

Famosas retocam as madeixas com criatividade na quarentena

30/04/2020 | 23h55m - Raphael Araujo

Circo Portugal Internacional realiza live no Youtube



Instagram

Instagram

OFuxico