Notícias às 10:10

A Fazenda: Advogada de Mirella, ex-BBB quer comprovar transtorno de Raíssa

Divulgação/Record TV

O que acontece no reality, ao que tudo indica, não fica no reality… Para quem achou que a pesada discussão entre Raíssa Barbosa e Mirella terminaria ali, informamos que não! Advogada da MC, a ex-BBB Adélia Soares quer uma comprovação de que a vice-miss bumbum sofre da Sindrome de Borderline.

No Twitter, uma discussão tomou conta, neste sábado (23), após Dra. Adélia revelar através de um longo vídeo em suas redes sociais que pretende tirar a modelo da disputa, caso o problema seja confirmado.

“Todos que estão lá estão aptos de acordo com avaliação clínica e psicológica, estão aptos, no mesmo nível de igualdade. Tem uma participante que se autodeclarou com síndrome de borderline e faz tratamento. Ela já relatou várias vezes. Não sabemos se tem ou se não tem. Digamos que seja uma estratégia de jogo?”, questiona a ex-BBB.

A Advogada vai pedir um laudo que comprove que Raissa tenha Borderline. Uma vez diagnosticada a síndrome, ela entrará com pedido pra retirar a modelo do programa.

“O jogo propõe uma pressão psicologia. Não é algo com a Mirella, ela teve reações com o Cartolouco, com a Narizinho, amanhã pode ser com outro. Ela precisa estar aqui fora, em tratamento”, pontuou.

Os internautas se dividiram nos comentários.

“Se ela fosse uma advogada competente, saberia que só pode solicitar um laudo de psiquiatria via justiça e que o laudo deve ser feito por um psiquiatra da Justiça. Com isso, Raissa só poderia ser diagnosticada pós confinamento”, disse uma internauta.

“Acho a Dra tão competente, mas a que ponto ser humano precisa agir de maldade para provocar alguém? Não conheço trabalho da Mirela, mas a conduta é de uma tamanha secagem. Se outra participante age pra se colocar como ‘coitadinha’, cabe ao público retirar. O que não nós não aceitamos e gente carácter zero como desta moça”, disse outro.

A advogada ainda citou a Record TV.

“A emissora está deixando o jogo correr, não quer fazer interferências. Acho desumano uma pessoa ficar exposta dessa forma, não há dinheiro que pague nossa sanidade mental, nossa saúde”, disse.

“Não se trata de ganhar ou não o jogo, só um ganhará, se for a Mirella, ótimo, se não for, ótimo também. A questão é a saúde, são as vidas que estão ali”, destacou.

Respondendo a uma seguidora que questionou sua atitude, Dra. Adélia citou que Raíssa pode estar jogando.

“Quero esclarecer que ali é um jogo e cada um traça suas estratégias para vencer, não existe impedimento contratual ou moral. É apenas um jogo e vale até inventar uma doença, por que não?”, escreveu a advogada.

Contra haters

Ao ser contratada pela família da funkeira, Adélia teve a missão de acionar judicialmente por calúnia e difamação os responsáveis por dois perfis no Twitter que estão fazendo postagens contra a cantora. A rede social foi notificada para remover o conteúdo do ar.

A solicitação para o processo partiu da família, da equipe de Mirella e de fãs, que ficaram revoltados com as ofensas. Caso sejam condenados, os responsáveis pelos perfis no Twitter podem pegar uma pena de até dois anos de prisão, multa e uma ação indenizatória de natureza civil. Apesar desse problema, a equipe da funkeira está gostando muito de sua participação em A Fazenda.

Adélia Soares é Mestre em Direito e professora universitária, já foi diretora do Procon e tem escritório com unidades em três estados.

Postagem sobre pedido da advogada de Mirella

 

Dra Adélia falando sobre o caso de Raíssa