Notícias às 17:05

A Fazenda: ‘Que justiça tem nisso?’, diz Biel sobre Deus

Reprodução/Record TV

As coisas estão bastante agitadas em A Fazenda 12 nesta quarta-feira (28), principalmente em relação ao poder da chama, que teve seu resultado anulado.

Biel ficou bastante abalado após ver sua estratégia ir por água abaixo com a decisão da produção do reality show da Record TV de anular o efeito da chama.

Ao ver o grupo de rivais no jogo comemorando o fato e afirmando ser uma “justiça de Deus”, Biel ficou bastante inconformado.

“Fica falando que Deus é justo. Que justiça que tem nisso? Interferiu, mano? Em qualquer coisa que eu quero? Interferiu no que?”, disparou ele.

Porém, Tays Reis, que está em uma relação intensa com o cantor dentro da casa, o reprendeu pela fala.

“Deus é justo Gabriel, a gente que é falho”, afirmou ela.

A Fazenda: Mirella está cancelada aqui fora?
A Fazenda: 'Mimado do c******', dispara Biel sobre Lipe Ribeiro

Entenda o caso

Diante de tantas reclamações de internautas sobre a intervenção de Biel, durante a formação da roça, a produção voltou atrás e o poder da chama, dado pelo funckeiro à Victoria, foi cancelado.

No resta um, Tays sobrou e foi para a roça. O poder dizia que Victoria deveria trocar o último roceiro – no caso a cantora baiana – por qualquer outro peão, exceto o fazendeiro Juliano.

Ela, então, escolheu Raíssa. Mas sob total influência de Biel que, no intervalo, contrariando as regras deu orientações para que a decisão fosse bem pensada.

Na tarde desta quarta-feira (28), Marcos Mion fez uma entrada na sede e comunicou a anulação.

Desta forma, Raíssa sai da roça e Tays disputa a prova do fazendeiro com Lipe e Jakelyne. Victória foi vetada da prova. 

A última vez que o poder da chama foi cancelado foi na 10ª edição. Na ocasião, Caique Aguiar, dono do Poder da Chama, infringiu uma regra do programa ao soprar para Fernanda Lacerda uma informação sobre o Poder da Chama Vermelha.

Marcos Mion explicou que a direção analisou as imagens e decidiu cancelar.

Tays disse: "O povo não perdoa nada, gente, esquece, tão vendo as coisas."