Notícias às 13:30

Abaixo-assinado pede que Harry e Meghan percam seus títulos

Grosby Group

Mais de 54 mil assinaturas foram coletadas até agora em um abaixo-assinado na Inglaterra, pedindo que o Príncipe Harry e Meghan Markle percam seus títulos de Duques de Sussex.

O casal tem sido objeto de um intenso e implacável escrutínio desde que decidiram se distanciar da realeza no ano passado.

A escolha de levar suas próprias vidas longe dos holofotes que vem com os deveres reais agora levou a uma petição de tradicionalistas reais para retirar o casal de seus títulos.

Segundo o jornal The Sun a petição está pedindo ao duque e à duquesa de Sussex que renunciem voluntariamente aos seus títulos reais.

O movimento formal está sendo liderado pela socialite Lady Colin Campbell, uma crítica declarada do casal e autora do livro Meghan e Harry: The Real Story, que espera arrecadar 75 mil assinaturas.

Acreditando que o casal está 'prejudicando a instituição da monarquia', Lady Colin está pedindo aos duques que renunciem a seus títulos porque considera que é 'a coisa certa a fazer', e assim salvarão a Rainha de ter que fazê-lo ela mesma.

A petição está no site change.org e diz: “O objetivo é convidar o Príncipe Harry a pedir voluntariamente à Rainha para colocar seu estilo real, títulos e posição em suspenso, libertando-o assim das restrições diplomáticas, políticas e constitucionais que são uma parte inevitável da realeza, e ainda mais libertando-o dos conflitos constitucionais que suas crenças estão criando".

Harry poderia ser processado pela coroa?

Será que a família real britânica pode processar o Príncipe Harry por expor seus problemas com a realeza em diferentes programas de televisão? Para o especialista inglês Robert Jobson, o Duque de Sussex não só deveria responder a um processo por difamação contra sua própria família, como ser despojado de seus títulos reais.

O Príncipe Harry não parece se reprimir, já que mais uma vez falou do trauma que enfrentou como membro da realeza na nova série documental The Me You Can't See, uma produção dele e de Oprah Winfrey para a AppleTV+.

Harry, que admitiu uma ruptura com sua família, mostrou suas emoções na série com algumas revelações alarmantes, ao dizer que com a morte de sua mãe, a Princesa Diana em 1997, se refugiava no álcool e nas drogas para aliviar a dor.

Agora Robert Jobson, comentarista real, denunciou o Duque de Sussex por esses discursos 'para fazer dinheiro'.

Jobson disse ao programa de televisão The Royal Beat que um agente descobriu que os ataques do Príncipe Harry e Meghan Markle à monarquia britânica poderiam valer 'milhões de dólares'.

O príncipe, que anteriormente fez sérias acusações contra a família real em uma entrevista com Oprah, revelou agora que lidava com a ansiedade e o ataque de pânico logo após a trágica morte de sua mãe, e criticou seu pai, o Príncipe Charles, por tê-lo ignorado.

Harry também disse a Winfrey que começou a fazer terapia há quatro anos para salvar sua relação com Meghan.

Para Jobson a família de Harry está ignorando tudo isso agora, mas ele acredita que em um determinado momento o Príncipe William poderia ter sua própria entrevista reveladora, contando 'o outro lado da moeda'.