Notícias às 06:00

Adele e ex-marido usaram mediadores para dividir fortuna no divórcio

Grosby Group

Adele e seu ex-marido Simon Konecki usaram mediadores para resolver seu processo de divórcio, informou o jornal The Sun.

A cantora de 32 anos e Koneck, de 46, se separaram há quase dois anos, mas finalmente chegaram a um acordo sobre a custódia do filho Angelo, de oito anos, e  seus bens, no início deste mês, com a ajuda de mediadores.

Uma fonte disse à coluna Bizarre do diário que foi necessário ajuda externa para lidar com tanto dinheiro envolvido:

“As somas de dinheiro envolvidas e os ativos são absolutamente enormes. Eles deixaram bem claro que não queriam atacar os advogados um do outro, mas o processo não foi exatamente simples. A prioridade era garantir que eles agissem bem com o filho, Angelo. A primeira coisa que eles concordaram foi em dividir a custódia e, desde então, dividir o resto de suas finanças conjugais de maneira justa. Felizmente, eles conseguiram chegar lá sem um conflito público", justificou.

Famosos e guarda compartilhada: como ficam os filhos após a separação

"Houve divergências no caminho, mas a mediação fez seu trabalho.", garante a fonte.

A dupla agora terá que esperar que um juiz assine o acordo antes de seu divórcio ser oficializado.

Adele e Simon começaram a namorar no verão de 2011 e a cantora britânica deu à luz seu filho Angelo em outubro de 2012.

Adele e Simon se casaram em segredo em 2016 e sempre fizeram um esforço concentrado para manter o relacionamento privado.

A separação deles, após três anos de casamento, foi confirmada em abril de 2019, enquanto Adele entrou com documentos no tribunal em Los Angeles cinco meses depois.

Adele domina 2020 mesmo sem lançar material inédito
Famosos e guarda compartilhada: como ficam os filhos após a separação

De volta ao Reino Unido

Adele está de volta no Reino Unido. Segundo o jornal The Sun, a cantora, que esteve morando nos últimos meses na Califórnia, voou para a Inglaterra depois de terminar suas funções de apresentadora no programa Saturday Night Live (SNL).

Sua decisão de voltar é porque ela quer trabalhar em seu próximo álbum e só volta a Los Angeles quando finalizar o projeto.

A fonte do The Sun disse: “Ela ainda não conseguiu lançar novas músicas e está totalmente focada nisso e em obter cada faixa com perfeição. Ela ainda tem uma rede de pessoas com quem trabalha e se conecta quando está aqui."

A única atualização sobre o novo álbum foi o que ela disse durante sua participação no programa:

"Sei que tem falado muito sobre mim apenas como apresentadora, já vi tudo como, 'Por que ela não é a convidada musical?' E coisas assim, e há alguns razões… Meu álbum não acabou e também estou com muito medo de fazer as duas coisas. Prefiro usar algumas perucas, e isso é tudo meu, diga-se de passagem, tomar uma ou seis taças de vinho e ver o que acontece", brincou.