Notícias às 16:35

Adriane Galisteu sobre Power Couple 5: ‘Nervosismo do ao vivo é muito bacana’

Divulgação

Nesta quarta-feira (5), a Record TV realizou uma coletiva de imprensa virtual para falar do "Power Couple 5", que tem estreia prevista para o próximo domingo (9).

 O evento contou com Adriane Galisteu, que irá apresentar o reality show pela primeira vez. 

"Eu sou fã de reality show. Sou aquela que fica acompanhando. É divertido, é emocionante. Eu tenho percebido o quanto é difícil fazer um reality. Eu valorizo ainda mais os participantes. Eu entrei nos quartos, fiquei um tempo dentro da mansão. Aquilo por si só já te estressa. As grandes estrelas desses programas são os participantes e o nosso grande patrão é o público. Estou muito feliz com esse convite", disse ela.

O programa conta com 13 casais participantes e os nomes já foram revelados pela emissora.

Novidades

 

A nova temporada do reality show está repleta de novidades. Para começar, o programa também estará presente em todas as redes sociais e Lidi Lisboa será a responsável por fazer a primeira entrevista com o casal eliminado.

Além disso, a apresentadora contou mais uma mudança no Power Couple.

"Antes os casais votavam para salvar um casal. Agora o casal vai votar para o casal ir embora da casa", contou Adriane Galisteu.

Nas redes sociais, ainda terá o "Galistour", para o público poder acompanhar os bastidores e o dia a dia da apresentadora.

Nervosismo

 

Apesar de ser uma apresentadora extremamente talentosa, Adriane Galisteu nunca apresentou um programa desse gênero.

"Estou super ansiosa, nervosa porque eu amo o que faço. E esse nervosismo do ao vivo, de voltar ao ar, é muito bacana. Isso vai me ajudar a ter mais brilho no olho, a ficar mais atenta".

A loira ainda revelou qual será sua principal dificuldade.

"É tão diferente assistir e estar lá. A minha maior dificuldade vai ser não me apegar, quando estou em casa já escolho o casal que eu gosto, que eu tenho ranço. Minha maior dificuldade vai ser me manter completamente neutra até o final", afirmou.