Notícias às 15:35

Angelina Jolie critica juiz de processo de divórcio com Brad Pitt

Grosby Group

Angelina Jolie recentemente criticou o juiz que está conduzindo o processo judicial de divórcio da atriz e Brad Pitt. Segundo Angelina, o juiz não permitiu que os filhos do casal testemunhassem durante as audiências.

Como a guarda das crianças é algo em questão no processo, a atriz ressalta sobre como é importante que os filhos possam falar com quem querem ficar. O juiz John Ouderkirk está conduzindo o tribunal para decidir acerca da custódia de cinco dos seis filhos do casal: Pax, de 17 anos; Zahara, de 16 anos, Shiloh, de 14 anos; e os gêmeos Vivienne e Knox, de 12. O mais velho, Maddox, tem 19, e não está incluso no processo por ser maior de idade.

Segundo a legislação da Califórnia, adolescentes maiores de 14 anos podem ser ouvidos pela Justiça durante julgamentos que tratem de suas respectivas guardas e custódias. Por conta disso, a atriz julga importante que os próprios filhos possam testemunhar no tribunal. A defesa da famosa considerou a exclusão dos relatos um erro e pediu que a atitude fosse revista.

Já os advogados de Brad Pitt consideraram a atitude do juiz “justa”, e que o pedido de defesa da atriz prejudicaria ainda mais a saúde e estabilidade emocional das crianças. 

Lembrando que o casal se separou em 2016 com Jolie alegando que tomou a decisão para “manter a saúde da família”. A atriz não especificou qual violência o ator poderia ter cometido contra os filhos, e o processo segue em sigilo. Desde então, o casal disputa a guarda provisória das crianças.

 

Filhos de Angelina Jolie se preocupam com saúde mental da atriz

 

Solteira desde o anúncio de sua separação de Brad Pitt em 2016, Angelina Jolie comentou sobre sua vida amorosa em uma nova entrevista ao programa do canal E!, Daily Pop, esta semana, enquanto promovia seu novo filme 'Aqueles que Me Desejam a Morte' (These Who Wish Me Dead), que estreia dia 14 de maio na HBO MAX. 

Jolie foi questionada sobre seus problemas de namoro, agora que seus filhos estão amadurecendo mais rápido do que ela esperava. 

Mas a atriz justifica que sua própria lista do que encontrar em um homem é bastante extensa: 

"Provavelmente tenho uma lista muito longa", brincou. "Estou sozinha há muito tempo.", justificou.

A atriz de 45 anos comentou que tem sorte de ter o apoio dos filhos em meio a tantas coisas que todos tiveram que viver, desde a separação, os problemas pessoais, a pandemia: 

"Tenho muita sorte, tenho seis filhos muito capazes (…) É claro que você acorda e pensa: 'Preciso ter certeza de que eles estão bem. Tenho que ter certeza de que estão mentalmente bem', mas honestamente, acho que há alguns anos tudo mudou e eles estão pensando: 'Precisamos ter certeza de que a mamãe está bem'", acrescentou ela com uma risada. 

"Eles cuidam muito bem de mim e nós somos uma equipe, eu tenho muita, muita sorte", acrescentou sobre seus filhos, que divide com Pitt. "Eu me preocupo, sou sempre eu que me preocupa, mas eu adoro eles, são pessoas legais", afirmou. 

Jolie e Pitt foram casados ​​de 2014 a 2016 e têm seis filhos juntos; Maddox, Zahara, Pax, Vivienne, Shiloh e Knox. Os dois ainda não resolveram o divórcio.  

Longo divórcio

Angelina Jolie e Brad Pitt foram um casal sólido em Hollywood durante muito tempo, mas sua relação terminou mal com um divórcio que pode durar muitos anos ainda, segundo uma especialista em divórcios. 

A advogada de divórcios, Kelly Chang Rickert, disse em entrevista ao jornal Daily Mail, que acredita que o enfrentamento deles na corte por causa da custódia de seus seis filhos poderia durar ainda mais, mais até que o próprio relacionamento deles. 

"Seus filhos mais novos, os gêmeos Knox e Vivienne, têm 12 anos, e isso poderia durar mais seis anos, até eles serem maiores de 18 anos", comenta. 

"Definitivamente tivemos casos que continuaram até as crianças virarem adultos", acrescentou, explicando que isso acontece quando um dos pais brigam para ter a guarda total dos filhos, cabendo somente a eles a decisão de quando o outro vai poder ver as crianças. 

Chang Rickert explicou que o problema aumentou porque Jolie quer ter a guarda unilateral dos filhos, enquanto Pitt não concorda com isso. 

"Ela pode continuar pagando milhões e milhões e milhões, mas enquanto Brad quiser a custódia e lutar por isso, ela terá que compartilhar… A mudança de advogados de Jolie é uma indicação de que ela não está disposta a ceder", disse.

"É quase pior quando as pessoas tem dinheiro, porque simplesmente continuam lutando", acrescentou.