Notícias às 22:00

Após polêmica sobre Meghan Markle, Sharon Osbourne deixa programa

Reprodução/Instagram

Após defender o amigo Piers Morgan, que saiu do programa Good Morning Britain depois de criticar e chamar Meghan Markle de mentirosa em sua entrevista com Oprah Winfrey, Sharon Osbourne acabou brigando com uma companheira de seu programa The Talk, da CBS, e também decidiu deixar o talk show após a polêmica.

Quando Sharon levantou a voz no show para defender Morgan, ela foi acusada de racismo por Holly Robinson Peete.

Meghan Markle manda cartas pessoais a mulheres desempregadas

Osbourne esteve em “The Talk” por todas as suas 11 temporadas, mas agora em um comunicado da emissora, eles informaram que ela resolveu sair:

“Sharon Osbourne decidiu deixar 'The Talk'. Os acontecimentos da transmissão de 10 de março foram perturbadores para todos os envolvidos, inclusive para o público que assistia em casa. Como parte de nossa análise, concluímos que o comportamento de Sharon em relação a seus co-anfitriões durante o episódio de 10 de março não se alinha com nossos valores de um local de trabalho respeitoso. Também não encontramos nenhuma evidência de que os executivos da CBS orquestraram a discussão ou surpreenderam algum dos anfitriões", avisa o comunicado.

Meghan Markle pode ter contado mentira sobre seu casamento

"Ao mesmo tempo, reconhecemos que as equipes da Network e Studio, bem como os showrunners, são responsáveis ​​pelo que aconteceu durante aquela transmissão, pois ficou claro que as co-apresentadoras não foram devidamente preparadas pela equipe para uma discussão complexa e sensível”, continuou a declaração. “Durante o descanso desta semana, estamos coordenando workshops, sessões de terapia e treinamento sobre equidade, inclusão e consciência cultural para os apresentadores, produtores e equipe. ", indicaram.

Morgan, agora ex-apresentador do programa principal do ITV "Good Morning Britain", disse na manhã de segunda-feira que não acreditava nas alegações de bullying de Markle dentro da família real e que não acreditava que ela queria se suicidar como resultado da situação de alto estresse que viveu no seio da família real.

Sharon Osbourne apoia publicamente Piers Morgan


A treta


Meghan Markle tem feito a televisão tremer nos últimos dias depois de sua polêmica entrevista com Oprah Winfrey. Depois que o apresentador Piers Morgan deixou o programa Good Morning Britain após discussão ao vivo sobre os Duques de Sussex, agora é a vez do programa The Talk se somar à polêmica.

A CBS anunciou que o talk show não será apresentado ao vivo nos dias 16 e 17 de março, depois do confronto explosivo entre Sharon Osbourne e Sheryl Underwood na semana passada.

As duas mulheres brigaram ao vivo quando Sharon tentou defender o amigo Morgan por sua atitude contra Markle, quando Sheryl disse que ele tinha sido racista com Meghan.

Agora, a CBS decidiu encerrar os programas ao vivo enquanto 'analisam' o que aconteceu.

A discussão começou em 'The Talk' quando Sharon estava defendendo Piers – que disse não acreditar em Meghan quando ela disse que teve pensamentos suicidas. Sheryl então criticou: "Enquanto você está ao seu lado de seu amigo, parece que você está dando validação ou refúgio seguro a algo que ele disse que é racista”.

Sharon respondeu: "Eduque-me, diga-me quando você o ouviu dizer coisas racistas? Sinto que estou prestes a ser colocada na cadeira elétrica porque tenho um amigo, que muitas pessoas pensam que é racista, então isso me torna racista? Como posso ser racista sobre qualquer pessoa ou coisa em minha vida?".

O programa cortou para um intervalo comercial, mas quando voltou, ela continuou a pressionar Sheryl por uma explicação sobre o que havia de racista nos comentários de Piers e acrescentou: "E não tente chorar, porque se alguém deveria estar chorando, deveria ser eu", esbravejou Osbourne.