Notícias às 02:00

Após post racista, personagem de atriz vai morrer em série

Reprodução/Youtube

Parece que a situação de Roseanne Barr está se afundando cada vez mais. Depois de ser demitida da série que leva seu próprio nome, agora ela será eliminada do programa definitivamente com a morte de sua personagem.

A informação foi divulgada pelo jornal britânico The Sunday Times, que conseguiu a informação por meio de uma declaração do ator John Goodman que, no programa, interpretava o marido de Roseanne.

O ator de 66 anos disse que teve um quadro de depressão durante um mês após o anúncio da demissão de Roseanne e ainda defendeu a ex-colega de elenco. "Sei, por A mais B, que ela não é racista", disse.

Sobre a série, John Goodman contou que ela vai se chamar The Conners, nome da família protagonista da série, e a próxima temporada começará em clima de luto. Sobre seu personagem, Goodman respondeu: "Acho que ele estará desorientado e triste por conta da morte da esposa".

Entenda a polêmica

A série Roseanne, que é exibida na ABC, foi cancelada horas após a estrela do sitcom, a própria Roseanne Barr, fazer comentários racistas no Twitter em referência a Valerie Jarrett, uma ex-conselheira do presidente Barack Obama.

A atriz postou um comentário sobre Valerie, que é negra e trabalhou na administração Obama, sendo sua principal assessora entre 2009 e 2017. "A Irmandade Muçulmana e o Planeta dos Macacos tiveram um bebê = VJ", afirmou.

Pouco tempo depois, Roseanne deletou o tweet e depois se desculpou dizendo ter feito uma "piada ruim", mas de nada adiantou.