Notícias às 19:00

Apresentador chama Príncipe Harry de ‘idiota covarde’

Príncipe Harry em evento

Grosby Group

O apresentador e jornalista inglês Piers Morgan continua delatando e criticando os duques de Sussex, e ele voltou a falar do Príncipe Harry esta semana, chamando o marido de Meghan Markle, de 'idiota covarde'. 

Depois da entrevista de Harry criticando as leis de liberdade de expressão dos Estados Unidos, no podcast de Dax Shephard, descrevendo a Primeira Emenda como 'maluca', Morgan considerou o príncipe bastante arrogante. 

Harry disse: "Tenho tanto a dizer sobre a Primeira Emenda da maneira como a entendo – mas é maluca." disse. "Não quero começar a seguir o caminho da Primeira Emenda porque esse é um assunto enorme e que não entendo porque estou aqui há pouco tempo, mas você pode encontrar uma brecha em qualquer coisa. Você pode capitalizar ou explorar o que não foi dito, em vez de defender o que foi dito", justificou. 

Escrevendo para o Mail Online, o ex-apresentador do Good Morning Britain rebateu: "A Primeira Emenda é uma das coisas que mais admiro nos Estados Unidos, especialmente vindo de um país como a Grã-Bretanha, onde a liberdade de expressão para jornalistas como eu é agora fortemente regulamentada", afirmou. 

"É preciso uma quantidade extraordinária de arrogância para zombar de uma das leis mais veneradas da história de seu país adotivo. Eu não achei que Harry pudesse ir mais longe do que foi ao destruir sua avó enquanto ela está de luto pelo príncipe Philip, mas o ataque covarde e autocomplacente do idiota à liberdade de expressão o faz parecer maluco, não pela Constituição dos Estados Unidos", disse Piers. 

Primeira Emenda

A Primeira Emenda (Amendment I) da Constituição dos Estados Unidos, adotada desde 1791,  impede o Congresso americano de infringir seis direitos fundamentais do cidadão. Sendo assim o congresso não pode proibir o livre exercício da religião; limitar a liberdade de expressão; limitar a liberdade de imprensa; limitar o direito de livre associação pacífica; limitar o direito de fazer petições ao governo com o intuito de reparar agravos. 

Piers Morgan descreveu os Duques de Sussex como 'pequenos vigaristas implacáveis, sem coração, egoístas e sem vergonha'. 

E sobre os comentários do príncipe, de que quer quebrar o ciclo de dor e sofrimento que ele passou ao ser educado pelo pai, o Príncipe Charles, o apresentador só tem mais críticas: 

"Harry deixou de ser um herói de guerra corajoso para se tornar um bebê chorão e covarde que culpa sua família por todos os seus supostos infortúnios e que, como sua esposa, descarada e cinicamente arma questões como saúde mental e racismo para silenciar os críticos", escreveu Piers. 

"Nem ele nem Meghan mostram um pingo da compaixão que adoram pregar para as pessoas mais próximas a eles." 

Novo livro de Meghan

 

Piers Morgan não ia ficar calado com a notícia do novo livro infantil – The Bench – que Meghan Markle, vai lançar em breve, inspirado na relação do Príncipe Harry com seu filho Archie. 

O livro da Duquesa de Sussex começou como um poema que ela escreveu para Harry no primeiro dia dos pais após o nascimento de Archie. O poema foi então adaptado em uma história que a editora Random House Children’s Books está publicando. 

Em sua coluna para a MailOnline, o ex-apresentador do Good Morning Britain, de 56 anos, acusou Meghan de hipocrisia ao comentar que o livro foi escrito desde o olhar inclusivo de uma mãe, devido ao seu próprio relacionamento difícil com seu próprio pai, Thomas Markle. 

“Para que não esqueçamos. A Sra. Markle deserdou implacavelmente seu pai, Thomas, e se recusa a ter qualquer coisa com ele, apesar do fato de eles agora viverem a apenas 110km um do outro ", afirmou Morgan acrescentando: "Ela também teria renegado todos os outros Markle, nenhum dos quais foram convidados para seu casamento. Isso não parece ser alguém muito interessado em operar 'uma lente inclusiva' para mim. Na verdade, parece uma lente singularmente EX-clusiva”, alfinetou. 

Parece que o apresentador não tem receio de bater de frente contra Meghan Markle. De acordo com o jornal The Sun, foi relatado que Meghan estava montando uma equipe jurídica para responder às inúmeras acusações e comentários de Piers sobre ela e sua família.