Notícias às 09:00

Atentado de 11 de setembro: Os famosos que sobreviveram à tragédia

Fotomontagem com selfie de Lady Gaga e Gisele Bündchen

Reprodução/Instagram @ladygaga e @gisele

Este sábado, 11 de setembro, marca os 20 anos da tragédia que envolveu as “Torres Gêmeas”, que compunham a área central do World Trade Center, no coração de Nova York. O ataque terrorista em ,plena manhã, deixou mais de 2.900 pessoas mortas e mudou drasticamente o modo como a cidade se comporta até hoje.

Turistas, moradores, profissionais; países ao redor do mundo. Ninguém escapou das notícias que tomavam os plantões televisivos e em rádios, ainda tentando entender exatamente o que havia acontecido, o motivo ou motivos que levaram os dois aviões comerciais a atingirem os prédios… Um clima catastrófico instaurou-se.

Mas por mais dolorosa que fosse a situação, muitas pessoas conseguiram sobreviver, sentindo uma ponta de alívio em meio ao caos. Dentre essas pessoas estavam alguns famosos, cujas memórias ficaram marcadas para sempre pelo ataque e pelas tamanhas coincidências do destino.

Gwyneth Paltrow

A história envolve a atriz e uma moça anônima chamada Lara Lundstrom Clarke. Em entrevista ao New York Times, em 2011, ela disse que estava a caminho do escritório no qual trabalhava, no World Trade Center, quando o carro de Gwyneth atravessou à sua frente. O susto fez com que ela se atrasasse ao perder o metrô.

Quando saiu da estação, depois de partir rumo ao trabalho no segundo carro de vagões, Lara deparou-se com o caos: o escritório estava em chamas no alto de uma das torres. 

“Se eu tivesse entrado no primeiro metrô, estaria sentada à minha mesa no 77º andar da segunda torre do World Trade Center naquela manhã”, relembrou ao jornal.

Lady Gaga

Também em 2011, quando o ataque terrorista completava uma década, a cantora disse, em entrevista gravada para uma campanha em memória das vítimas pela MTV americana, que estava com as amigas, na escola em que estudava, em Manhattan, quando viu tudo acontecer.

“Assisti à queda das Torres Gêmeas. Estava na escola e pude vê-las caindo do teatro de minha escola. Naquele momento, fiquei abraçada com todos os meus colegas de classe. Escrevi muitas canções em meu novo álbum [Born This Way] em homenagem à Nova York. No geral, todas as músicas de meu álbum têm relação com a cidade, em particular, ‘Marry The Night’, que fala muito sobre esse meu ‘marido’, Nova York.”

Veja +: Na primeira década do 11 de setembro, famosos já se movimentavam nas redes sociais

Michael Jackson

O cantor tinha uma reunião em um dos prédios, no entanto, perdeu o horário do compromisso, pois ficou acordado com a mãe até de madrugada.  Jermaine Jackson, irmão do cantor, comentou sobre o episódio na biografia “You Are Not Alone: Michael: Through a Brother’s Eyes” (2011). 

“Felizmente, nenhum de nós fazia ideia de que Michael teria uma reunião naquela manhã em uma das Torres Gêmeas,” escreveu. “Apenas descobrimos quando a mãe [Katherine Jackson] ligou para o hotel para saber se ele estava bem. Ela, Rebbie [Jackson] e alguns outros haviam deixado-o lá por volta das 3h da manhã.”

Michael contou à mãe como ela salvou a vida dele sem nem perceber. Ele disse: “Mãe, estou bem, graças a você. Você ficou conversando comigo até tão tarde que eu dormi demais e perdi o compromisso.”

Mark Wahlberg

O ator estava prestes a embarcar no voo 11 da American Airlines – um dos aviões comerciais sequestrados e usados para o atentado – para Los Angeles. Perto da hora do voo, os amigos do ator decidiram viajar até Toronto, no Canadá, para assistirem a um festival de cinema. Que sorte!

Gisele Bündchen

Momentos após o desabamento da segunda torre do World Trade Center, a top model, com então 19 anos, subia com pressa a Sexta Avenida, em direção oposta à do prédio. Ela fugia da confusão que tomava o lado sul da ilha de Manhattan, onde morava, como noticiou a Folha de S. Paulo na época.

“Acordei com as sirenes. Por coincidência, precisava acordar àquela hora, tinha uma reunião”, disse. Logo que soube que um avião havia no prédio, foi à janela de seu quarto, que dava vista para os dois edifícios. “Cheguei no momento de ver o segundo avião entrando na segunda torre.”

Veja +: As homenagens em memória do 11 de setembro movimenta famosos todos os anos

Sarah Ferguson

Sarah Ferguson, Duquesa de York e ex-esposa do Príncipe Andrew, deveria estar no 101º andar quando o avião chocou-se contra uma das Torres Gêmeas. Ela tinha uma reunião com uma instituição de caridade, a “Chances for Children”, mas não pôde comparecer e se salvou.