Notícias às 17:25

Bárbara Paz e Supla relembram namoro de 20 anos atrás

Reprodução/Instagram/@barbararaquelpaz/@suplaoriginal

Na última quarta-feira (24), Supla realizou uma live em seu canal no Youtube com a presença de Bárbara Paz, cada um da sua casa, devido à pandemia do novo coronavírus.

Durante a transmissão, eles relembraram a relação que tiveram há 20 anos e debateram o Big Brother Brasil 20, reality da Rede Globo.

O cantor revelou que não assistiu ao reality, mas achou importante os debates sobre machismo.

"Eu fui machista, você achou?", quis saber Supla.

"Não sei, você é quem tem que saber o que é machismo para você", disse a atriz.

Eles se conheceram durante o reality Casa dos Artistas, do SBT, em 2001, e tiveram um namoro que durou cerca de dois anos.

"Peço desculpas se eu fui. A gente precisa tomar cuidado. Eu não lembro de ter feito uma coisa machista. Não sei se pega meio na relação amorosa e tal. Machismo, assim, não sei, acho que não", continuou ele.

A atriz reforçou que algumas atitudes não seriam aceitas hoje em dia.

"A gente está falando de 20 anos atrás. Hoje em dia você não pode fazer muita coisa que falava, verbalizava, na brincadeira. E você sempre brincou muito com algumas coisas. Não estou falando que você é machista. Mas o tom, há 20 anos, que os homens falavam, hoje já não pode. E precisa se policiar, você sabe do que eu estou falando", disse ela.

Bárbara Paz comenta sobre pandemia do coronavírus

 

Aos 45 anos, Bárbara Paz reconhece em sua maturidade, uma mulher com o olhar mais aguçado para as diversidades da vida.

A atriz participou de um bate-papo com o apresentador Marcelo Tas. A convidada do programa Provoca em Casa, da TV Cultura, explicou como imagina ser o seu renascimento pessoal, quando a pandemia da Covid-19 passar.

“Estou renascendo dentro de mim mesma, é o que eu sinto, sabe? Fazia tempo que eu não voltava para dentro de mim, fazendo esse renascimento, apesar de ter florescido várias vezes. A gente precisa se reinventar o tempo todo, não é só porque [tudo] parou. Essa suspensão no mundo nos deu chance de voltar para a gente. O tempo estava muito acelerado. Eu estava perdida dentro de vários ‘eus’”, iniciou ela.

A artista completou seu raciocínio focando no agora, ao invés de no ontem ou amanhã.

“Apesar de carregar o meu passado, eu sou a minha história, mas vivam o hoje”, disse.

Bárbara Paz sobre acidente: ‘Morri em 25 de dezembro de 1992’
Bárbara Paz se emociona ao lançar filme no Festival do Rio