Notícias às 18:10

Boni se pronuncia a respeito de entrevista para a revista IstoÉ

Ag.News

Um dos principais entrevistados da edição dessa semana da revista IstoÉ, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, também conhecido como Boni, acabou aproveitando a ocasião para falar, entre outros assuntos, sobre o Big Brother Brasil, famoso reality da Globo, assim como a maneira escolhida pelos apresentadores Pedro Bial e Tiago Leifert, de comandar a renomada atração. 

"Acho que a TV Globo está fazendo um esforço muito grande de renovação, e tiro o chapéu para isso. Agora, não impede de eu olhar tecnicamente. O Tiago está se dando bem, mas acho que aquele lugar é para alguém mais velho e experiente, que inspire o psicólogo amigo, o paizão. O Bial encarnava isso muito bem. O Tiago é novo para ser paizão da turma. E ficou faltando a poesia do Bial", chegou a afirmar ele, na ocasião. 

Já nesta quarta-feira (8), depois de vários veículos repercutirem tal conversa, Boni decidiu emitir um comunicado, via sua própria assessoria de imprensa, esclarecendo algumas das coisas que falou, para a publicação. Confira abaixo o texto na íntegra:

"Fiquei surpreso com  as manchetes ‘Boni critica BBB’, que foram veiculadas, recentemente. Primeiro porque afirmo, de forma clara e com todas as letras, na entrevista que concedi à revista IstoÉ, que o Tiago Leifert vai bem. Quero esclarecer que fiz uma observação sobre o formato do Big Brother, que sugere, até pelo título, que o observador e  mediador seja o Grande Irmão, o psicólogo, o paizão, o irmão mais velho, o que o Pedro Bial encarnava, com perfeição. Se o Tiago Leifert tentasse o mesmo estilo, se daria mal. Com bom senso e criatividade, o Thiago assumiu o papel de companheiro, amigo, colega e até irmão mais novo. É por isso que afirmei que vai bem. E acrescento: Vai muito bem.  O Tiago Leifert começou na Vanguarda e, de imediato, revelou-se um comunicador extraordinário. Estão corretos, o Boninho e a Globo, de apostarem nele"