Notícias às 08:00

Britney Spears, me diga, que raios é ‘Red’?

Reprodução/Instagram

Há 13 anos, Britney Spears vive sob uma tutela judicial que a coloca em uma posição de descontrole sobre a própria vida. Após o episódio que ficou conhecido como o "surto da Britney", em 2007, a cantora passou a ter tanto a vida pessoal quanto financeira (principalmente a carreira artística) controlada pelo pai, Jamie Spears.

Seu último disco antes da tutela foi o "Blackout", lançado em outubro de 2007 e conta com o hit "Gimme More" e o desabafo "Piece Of Me", composição na qual ela critica com firmeza as atitudes da mídia ao redor dela, com paparazzi tirando fotos de uma simples ida ao mercado ou tentando sujar a imagem dela com registros de uma noitada com as amigas.

"Eu sou a Senhorita Sonho Americano, desde os 17 anos. Não importa se eu entrar em cena ou fugir para as Filipinas. Eles ainda vão querer colocar fotos da minha bunda nas revistas", canta ela, logo de início, na canção.

Não poderia ser diferente. Os anos de abuso midiático em cima da artista começou assim que ela passou a namorar Justin Timberlake, nos anos 1999. Viraram os Namoradinhos da América e um término inesperado em 2002 fez os holofotes mundiais se voltarem a eles. Os boatos de uma traição por parte dela cresceram mais ainda quando Justin lançou "Cry Me A River", contendo uma modelo deveras parecida com Britney.

As desculpas dele pelo episódio totalmente inexplicado? Só vieram em 2021, depois do lançamento do documentário "Framing Britney Spears", que aborda com afinco os anos da brincadeira sufocante de gato e rato com a loira por parte da tamanha exposição. Parece que bateu um medo do cancelamento, né…

Britney Spears é criticada por postar foto de Justin Timberlake

A produção no The New York Times acabou dando mais força para o movimento #FreeBritney, que pede o fim da tutela da Princesa do Pop. A revista Forbes, em um artigo de 2019, explicou o uso que se fazia desse termo jurídico.

“É uma medida extrema para ser utilizada somente em adultos que não têm a possibilidade de tomar decisões por si mesmos. Geralmente, se aplica a idosos com Alzheimer e outros tipos de demência, e pessoas adultas com outros problemas a longo prazo como danos cerebrais. Antes de Britney, não se sabia do uso a longo prazo de uma curatela (conservatorship em inglês) para uma celebridade."

E com tanto reboliço, já faz quatro anos que Britney não lança nada inédito. De 2008 até o moento, foram quatro disco: "Circus" (2008), "Femme Fatale" (2011), "Britney Jean" (2013) e "Glory" (2016). Todos sob o controle do pai. Ela até subiu aos palcos, mas durante uma residência em Las Vegas, de 2013 a 2017. 

Entretanto, o ano de 2021, fora o documentário, tornou-se o ano da artista porque, sem esclarecimento, ela passou a fazer postagens no Instagram com uma única coisa em comum: a cor vermelha!

Enigma sem fim?

 

Em inglês, a cor vermelha é red. Sendo assim, essa palavrinha ganhou um protagonismo gigantesco no perfil da cantora. O primeiro registro é de fevereiro, um post com a mesma selfie de Britney com diferentes filtros. Na legenda ela soltou: 

"Outro registro do ensaio que fiz para 'Apenas Um Toque de Rosa' [Just A Touch Of Rose]. 'Red' está ainda em produção… Nos cinemas perto de você em breve… Apenas brincando!"

A partir daí houve ainda a questão da rosa e, ao analisar publicações bem anteriores, emojis que remetem a uma rosa e a cor vermelha aparecem. Que raios é tudo isso, então?

Os seguidores e fãs da celebridade também querem saber. Enquanto uns acreditam ser agum tipo de pedido de socorro, há quem aposte em um novo disco, um filme. Bom, o vídeo divulgado na última quarta-feira (14), no qual ela gira e dança, a legenda aponta: "Me aquecendo para o 'Red', galera […]". Parece muito um próximo anúncio de outra residência em Las Vegas.

Em 2018, ela havia anunciado realmente mais uma temporada de shows na cidade dos cassinos, chamada Domination. Porém, tudo foi cancelado. Ela disse que o pai enfrentava problemas de saúde. Os dias se passaram, a pandemia da Covid-19 se instalou e tudo terminou.

Ao que tudo indica, o contrato ainda é vigente e os Estados Unidos tem avançado consideravelmente em relação à vacinação das pessoas contra a doença. Não é de se duvidar que Vegas receba a icônica musicista paraum novo round!

E quanto ao 'Just A Touch Of Rose'? Tem uma sensção de nome de perfume. Caso Red seja um álbum ou EP, aí pode ser o single de divulgação.

Sendo projetos ou só um jeito de brincar com a imaginação do público, o certo é que Britney Spears merece ser ver livre de uma tutela que segue vigente sob diversos mistérios.

BBB21: Gilberto cai em lágrimas ao ouvir música de Britney Spears

No passado, Britney Spears pediu ajuda a famosa atriz