Notícias às 09:40

Cachorrinha de estimação de Vanessa da Mata morre e cantora fica aos prantos

Reprodução Instagram

Sempre discreta, Vanessa da Mata assustou seus 1,4 milhão de seguidores ao aparecer aos prantos nos stories do Instagram na noite de terça-feira (08). E sua profunda tristeza teve um motivo: a morte de Cora Coralina, sua cachorrinha de estimação. A pet de 2 anos teve uma parada cardíaca.

A cantora mato-grossense de 45 anos contou que, assim como ela, seus filhos estão arrasados. Vanessa definiu o sentimento como algo inimaginável.

"É indescritível a dor de perder um ser tão puro, que só trazia alegria a nós todos. Meus filhos e minha família toda estão sofrendo. Muitos sabem o que é isso, outros não fazem ideia. Só sei que a coisa é muito pior do que só imaginar. É um buraco dentro, que enterra e cabe dentro o luto. É horrível", disse.

Na sequência, em outra postagem, a equipe da cantora deu mais detalhes do ocorrido.

"Com muita tristeza informamos que a pequena Cora Coralina virou uma estrelinha no céu. Cora tinha um probleminha cardíaco e nesta noite ela sofreu uma parada cardíaca e seu coraçãozinho não resistiu”, destacou o comunicado.

“Em pouco mais de dois anos de vida, a nossa 'Tufo' nos trouxe momentos de muito amor e será sempre lembrada pelo seu jeito carinhoso e sua alegria", informou.

O post está no Instagram @vanessadamata

Polêmica na pandemia

No ano passado, quando a pandemia ainda era algo novo para todos, Vanessa polemizou ao fazer uma declaração sobre dinheiro. A cantora disse que o povo brasileiro não sabe gerir o próprio dinheiro. Em um vídeo postado na web, Vanessa afirmou que era necessário guardar parte do salário e não gastá-lo em festas e churrascos, como vinha acontecendo, e que era por isso que as pessoas não estavam com reserva de dinheiro durante a pandemia. 

"Não importa o quanto você ganha, 30% você guarda! Não é salgadinho, nem cerveja, nem churrasco ou o que quer que seja, que possa tirar sua poupança”, declarou.

“Nós brasileiros não sabemos fazer gestão familiar e agora muitos estão sofrendo o que seria uma troca maravilhosa de churrasco para dias de tranquilidade. Isso é para quem ganha uma quantia que dá para guardar, claro”.

“E para os que usam a grana no final de semana com outras coisas: se sobra para o churrasco e cerveja, sobra para economizar!", disse ela na ocasião.