Notícias às 14:29

Caio Ribeiro, sobre luta contra o câncer: ‘Decidi passar otimismo’

Foto: TV Globo

Conforme OFuxico noticiou, o comentarista esportivo Caio Ribeiro revelou na última sexta, 03 de setembro, por meio de suas redes sociais, que está em tratamento de um câncer, um linfoma de Hodgkin. E nesta segunda-feira, 06, ele participou do programa “Encontro”, que esteve sob comando de Monalisa Duperron e Manoel Soares, já que Fátima Bernardes tirou dias de folga. Caio comentou sobre o problema de saúde.

“Fui fazer um alongamento, como sempre faço, e o meu fisioterapeuta percebeu um caroço no meu pescoço. Fui ao médico e descobri o linfoma no início. Estou na penúltima sessão de quimioterapia e tudo está correndo bem”, disse ele, inicialmente.

O ex-jogador de futebol ressaltou que tem contado com apoio total de familiares e amigos, o que ajuda muito em sua recuperação.

“No tratamento, há uma parte da medicina e uma parte nossa, ou seja, a forma como encaramos a doença. Tenho uma família maravilhosa e grande amigos, que têm me apoiado muito. Decidi tornar o assunto público e passar otimismo”, comentou.

Veja +: Caio Ribeiro se emocionou ao revelar a doença

IMPACTO DO DIAGNÓSTICO

Caio Ribeiro não negou que ficou abalado quando recebeu o diagnóstico. Mas assegurou que, passado o susto inicial, tem lidado de forma tranquila. Ele aproveitou para alertar sobre a ausência de sintomas.

“A notícia do câncer machuca um pouquinho. Fiquei preocupado, é uma pancada. Eu me perguntei por que comigo, mas ou você lamenta ou enfrenta. Acho que tenho lidado de forma serena. A não ser o caroço, não tive nenhum sintoma. Só procurei o médico porque o meu fisioterapeuta me alertou, aliás, ele salvou a minha vida.”

BRIGA COM CASAGRANDE VOLTOU À TONA

Um dia depois de Caio Ribeiro revelar que está em tratamento contra um câncer, Walter Casagrande publicou um texto dedicado ao colega, intitulado ‘Ao Caio, com carinho”. Os dois protagonizaram uma baita discussão no ano passado.

“De 2019 para cá, o país se dividiu, e todo mundo ficou mais rude um com o outro. Reconheço que eu, por ter crescido defendendo a Democracia, fiquei bastante chocado com as coisas que estavam acontecendo, mas nunca tinha estado ao lado de alguém que tivesse um pensamento mais conservador. Por vir da Democracia Corinthiana, acho que todos os cidadãos podem falar de política, independentemente de classe social, profissão, raça, gênero, enfim, esse é o meu pensamento”, disse Casão.

“Quando divergimos no programa ‘Bem, Amigos’ sobre isso, achei normal, mas um tempo depois comecei a achar que foi um exagero de todos naquele caso. E confesso que o nosso relacionamento se abalou, porque trabalhamos sempre em harmonia, mas aquele dia foi ruim para todos”, reconheceu.

“Mas o tempo foi passando, e o trabalho continuou. Para deixar claro, gosto de como o Caio comenta e pensa futebol. Eu tenho meu jeito de comentar e meu modo de pensar futebol, mas nesse ponto nunca tivemos um problema sequer.

Fiquei chocado quando soube do problema que o Caio stá enfrentando, mas tranquilo pelas palavras dele. Ele demonstra estar forte, seguro e confiante, e é isso que importa quando temos grandes problemas pela frente”, disse Walter Casagrande.

Veja +: Relembre o romance de Walter Casagrande e Baby do Brasil

O veterano, que já enfrentou sérios problemas com drogas, destacou que enfrentar a luta é essencial e disse que já conversou com Caio sobre a doença.

“Eu aprendi no meu tratamento que não devemos temer problema algum: temos, sim, que partir para cima dele e tentar resolvê-lo. Senti isso dele quando trocamos mensagens sobre o seu tratamento e continuamos trabalhando juntos como sempre, apesar de ter muitas pessoas perversas que sempre gostam de tentar causar um desentendimento entre nós. Mas não caímos mais nessa armadilha, porque já estamos vacinados com várias doses de conhecimento e das diferenças entre nós – e nos respeitamos muito”, escreveu.

“Para finalizar, falarei direto a você, Caio: somos diferentes, mas somos legais; pensamos diferente, mas nos respeitamos, e gosto de trabalhar com você e te acho um cara divertido. No próximo jogo do Campeonato Brasileiro, estaremos juntos”, finalizou.

No Instagram, o comentarista voltou a comentar sobre o tema. No entanto, afirmou estar sofrendo uma série de ”ataques covardes” desde a revelação de Caio Ribeiro.

“Eu estou aqui para esclarecer uma situação: não sou refém de redes sociais. Onde eu estou, com quem eu estou, com quem eu converso, o que eu como, só interessa para mim. Eu estou dizendo isso porque, quando eu soube ontem que o Caio estava doente, eu conversei diretamente com ele. E o que eu conversei com o Caio, só interessa para mim e para ele. Não tenho a mínima necessidade de publicar para todos ficarem sabendo. Não sou refém de vocês”, desabafou.

“E essas pessoas que atacam covardemente pelas redes sociais, sem mesmo saber o que está acontecendo, tem um ditado que é bem importante: ‘Quem não tem o que falar, fica calado’. Então, fiquem calados, ou então vão se informar melhor antes de atacar as pessoas covardemente”, concluiu Casão.

RELEMBRE A BRIGA ENTRE CAIO RIBEIRO E WALTER CASAGRANDE

Os dois estavam ao vivo no programa “Bem Amigos”, comandado por Galvão Bueno e Cléber Machado no Canal SporTV. Após Caio Ribeiro criticar uma fala do ex-jogador Raí sobre política, Casagrande discordou do comentarista. No “direito de resposta”, Caio não apenas tentou se explicar, como também discutiu com Casão.


PRINCIPAIS NOTÍCIAS

Pelé continua internado em São Paulo

Confira uma entrevista com Juliette Freire!

Órgãos de ex-BBB Josy Oliveira serão doados

Deolane Bezerra bate-boca com modelo por causa de MC Kevin

Gloria Groove surpreende ao homenagear Xanddy no ‘Show dos Famosos’