Notícias às 14:14

Cantor mexicano Yoshio morre aos 61 anos, vítima da Covid-19

Divulgação

Na última quarta-feira (13), o cantor mexicano Gustavo Nakatani Ávila, conhecido como Yoshio, morreu vítima do coronavírus, aos 61 anos. Ele passou mais de dez dias internado em um hospital. A mulher de Yoshio, Marcela Hernández, confirmou a morte com um post nas redes sociais.

Marina Ruy Barbosa nega medo de engordar: 'Quero ter saúde'

De acordo com o relato, Yoshio aguardava medicação para tratar de complicações pulmonares, causadas pela Covid-19. Ela ainda afirmou que conversava com o marido por chamada de vídeo, mesmo com ele intubado.

Reese Witherspoon diz que Covid-19 vai mudar Hollywood

Ela ainda revelou que eles estavam em quarentena desde o dia 10 de março, mas, no começo de maio, Yoshio teve febre e diarreia, "nada mais que isso", afirmou Marcela, não esperando que o pior poderia acontecer.

Veja famosos internacionais que contraíram o coronavírus

Marcella e os dois filhos do casal testaram negativo para a doença.

Yoshio era de ascendência japonesa e ganhou reconhecimento musical quando lançou, em 1982, o álbum Samurai, que ficou conhecido tanto no México quanto no Japão.

Matt Damon revela que filha testou positivo ao coronavírus