Notícias às 00:00

Cantora Letrux mostra conversa divertida com Paulo Gustavo ao se despedir do amigo

Reprodução/Instagram

A cantora, compositora e atriz Letrux, que fez parte do duo Letuce, compartilhou, na tarde desta quarta-feira (5), o print de uma conversa com Paulo Gustavo na DM do Instagram. Na imagem, é possível ver que ele havia rspondido a um Stories dela, dizendo que havia sonhado com ela.

Ao respondê-lo, ela disse: "Que amor! O que acontecia?". Sempre alegre e brincalhão, ele contou: "Transávamos muito… Mentira, não lembro. Mas foi maior tempão. Você artista cheia de glitter. Cult. E eu empolgado que te conhecia."

Na legenda do post, a musicista agradeceu Paulo por sua existência, sem deixar de criticar a maneira como o Governo Federal vem tratando a pandemia da Covid-19 no país.

Somente hoje, durante mais uma sessão da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid, foi divulgado que o governo brasileiro negou ofertas para a aquisição de vacinas por 11 vezes e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao responder um questionamento oficial formulado pelo Congresso, admitiu que o Ministério da Saúde contratou apenas 280 milhões de doses de vacinas, metde do que foi divulgado em peças publicitárias: 560 milhões.

"Agradeço muito, Paulo, pela sua existência nesse planeta. O que você nos deixa é tão nobre, a graça é um bem tão precioso. Você é uma jóia, Paulo. É difícil demais o símbolo da alegria de um país desgraçado partir. Duro demais. Mas entendo a missão, bato palmas pro cometa que você foi. E que você agora alegre tantas pessoas que fizeram a passagem", escreveu Letrux.

"É inadmissível as pessoas estarem morrendo para um vírus que já existe vacina. Nos vemos num sonho brilhante, querido", finalizou ela.

Paulo Gustavo morreu na noite da última terça-feira (4), por complicações ocasionadas pelo coronavírus. O corpo do artista será cremado durante uma cerimônia particular, destinada smente aos familiares e amigos mais próximos. O local também não foi divulado para evitar aglomeração.

Adeus doloroso

 

Juliano, Juliano… O ator Rodrigo Pandolfo, responsável por dar vida ao personagem filho de Dona Hermínia na franquia de filmes "Minha Mãe é uma Peça", manifestou a dor pela morte de Paulo Gustavo, noticiada na noite da última terça-feira (4).

Por meio do Instagram, o artista relembrou de cliques feitos enquanto gravava os longas-metragem, sempre ao lado de Paulo, e falou da importância que o amigo teve em sua vida profissional e pessoal.

"Tá difícil de acreditar. Paulo Gustavo sempre foi sinônimo de vida, energia vital, ação. Não tá fazendo sentido.
O coração tá bem dilacerado", começou ele, no texto divulgado no espaço para legenda do post.

"Conheci o Paulo na escola de teatro, há 20 anos, sempre arrancando gargalhadas, com um astral só dele. Eu estava na platéia da primeira apresentação de 'Minha mãe é uma peça', num pequenino teatro em Ipaanema [Rio de Janeiro] e o Paulo já brilhava com força. E foi impressionante acompanhar o seu talento e carisma lotando todos os enormes teatros do país ao longo de duas décadas", relembrou. "Sem dúvida, o maior sucesso que eu testemunhei."

Adiante, Pandolfo contou resumidamente, com orgulho, como chegou a fazer parte do sucesso que a história inspirada em Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, fez.

"E, no meio desse furacão, o convite pra fazer 'Juliano' na versão para o cinema daquela peça que eu amava e que, mal sabia eu, mudaria a minha vida. A trilogia 'Minha mãe é uma peça' foi uma marco na nossa indústria cinematográfica, atingindo a maior bilheteria da história do cinema brasileiro… e o carinho que eu recebo diariamente de milhares de fãs é muito, muito emocionante. Nossa obra marcou uma geração e eu me orgulho demais."

O rapaz ainda demonstrou muito apoio à famíla do comediante, agradecendo pelo que Paulo é, foi e será.

"Paulo, querido, obrigado por nos presentear com seu humor e sua alegria. Obrigado por combater o preconceito e defender a tolerância e o amor fazendo rir. Você cumpriu o seu propósito brilhantemente. Déa Lúcia, Ju Amaral e Thales Bretas, todo o meu amor e afago pra vocês e toda a família."

"Dona Hermínia, minha mãe amada e mãe de TODOS os brasileiros, eu te amo eternamente. Você vai deixar uma saudade sem fim", finalizou ele.

Mariana Xavier, que interpretou Marcelina no filme e também homenageou o eterno artista, aproveitou para comentar na postagem de Rodrigo: "Pra sempre marcado nas nossas histórias."