Notícias às 07:10

Chitãozinho comemora a chegada de mais uma neta

Reprodução Instagram

Nesta quarta-feira (4) nasceu Sophia, filha de Aline Lima e do jogador Rafael Longuine. A menina é a terceira neta do sertanejo Chitãozinho, e chegou ao mundo pesando 3,390 quilos e com 47 centímetros, em parto realizado em uma maternidade em Campinas, São Paulo.

Tão logo conheceu sua nova princesinha, o cantor contou para o site da Quem como está sendo a experiência de ser vovô novamente:

"Ser avô é um momento mágico. Eu já vivi essa experiência duas vezes, mas a emoção é sempre enorme. Ser pai já é um privilégio, mas ver o filho do seu filho nascer é uma sensação inexplicável, um amor sem igual. A Sophia é linda, sou suspeito (risos). Nossa caçula nasceu muito saudável.  Ela e a Aline estão muito bem e logo estarão em casa", contou.

Dena Lima, mãe de Aline e ex-mulher de Chitão, foi em sua conta no Instagram comemorar o nascimento da netinha.

“"Eu cheguei, com todas as bençãos #Sophia, linda demais, a vó ainda está em êxtase! Já amo muito!", disse ela.

Sophia, filha de Aline e neta de Chitãozinho

Sucessor

Com seus 18 anos, Enrico é o filho caçula de Chitãozinho com Márcia Alves. E o moço já é conhecido no meio artístico, pois começou cedo como ator, participou da peça Menino Maluquinho com 11 anos, fez dois longas, Coração de Cowboy com 16 anos e o Melhor Verão das Nossas Vidas com 17 anos, todos com papéis de destaque na trama.

Agora, o rapaz é preparado pelo paizão famoso, para lançar sua carreira musical em breve. Ele já colocou voz em estúdio, em Goiás, usando a estrutura da live Modão Sertanejo, semanas antes da paralisação total por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em relação à gravação audiovisual, essa só acontecerá no final de junho, com todas as normas de saúde recomendadas pelos órgãos de saúde.

Chitãozinho e Xororó lançam música inédita em live solidária

"O EP com seis músicas tem a produção do Willian Santos, produtor musical e instrumentista renomado no meio sertanejo  e contou com a ajuda e influência do meu pai Chitãozinho, ele ficou presente no projeto todo, principalmente na criação dos arranjos musicais, na colocação da voz, pois ele é muito experiente com a técnica vocal, ele está sempre muito presente e ouço muito o que ele tem a ensinar, pois ele tem muita experiência e é sempre bem vindo" revela Enrico.

Chitãozinho, o pai todo orgulhoso, conta que sua influência no trabalho do filho é o toque sertanejo.

“É a origem do Enrico e eu estou sempre por perto ajudando em tudo. O projeto do EP surgiu a partir do momento que nós começamos a pensar a lançar a carreira do Enrico como cantor. O Ep nasceu há um ano e meio, quando começamos a procurar composições com os contatos que temos com compositores”.

Sobre o EP
Ao todo, são seis músicas e toda a escolha do repertório foi feita com a ajuda do Diego Papai, experiente na área sertaneja e grande amigo e incentivador da minha carreira. Escutei muitas músicas até conseguir escolher e me conectar com as que passam a mensagem que a música traz da minha forma, a escolha foi baseada no sertanejo pop, é uma música moderna, na linguagem do pessoal da minha idade, dos jovens", revela Enrico.

Chitãozinho e esposa prestigiam filme estrelado pelo filho

Em meio à pandemia, Enrico precisou reinventar a maneira de lançamento do projeto.

"Toda a programação para o lançamento da carreira teve que ser inovado por conta da pandemia. Vamos focar nas plataformas digitais até a pandemia passar", revela Enrico.

Enrico escuta as orientações do pai, Chitãozinho

 

Todo feliz, Chitão observa o filho cantando