Notícias às 20:24

Cissa Guimarães sobre ser mãe de meninos: ‘Sou muito moleca’

TV Globo/João Cotta

Cissa Guimarães é uma das artistas mais versáteis de sua geração. Na semana do Dia das Mães, a apresentadora do É de Casa, que é mãe de três filhos, contou como é a relação com Thomaz e João Velho – Rafael morreu há dez anos.

"Sou uma 'pãe'. Digo mesmo, os pais dos meus filhos podem escutar. Criei três homens muito lindos, um não está nesse plano, mas está com a gente, e os dois que estão aqui são homens com valores que admiro. Vim para cá para ser o ventre de Thomaz, João e Rafael, é a minha missão. Acho que sou atriz legal, apresentadora legal, mas o que tenho de melhor é ter gerado essas pessoas maravilhosas. Nós mães temos sempre uma culpa de que podíamos ter feito melhor, mas fiz o que pude e com o maior amor do mundo. Devo ter errado inúmeras vezes e ainda erro, mas fiz o meu melhor", falou ela, em entrevista ao site Gshow. 

E como a artista se sente em ser mãe de meninos?

"Sou muito moleca. Achei um barato ter meus meninos. Quando veio o Rafa, era de outro casamento e o Raul [Mascarenhas] só tinha meninas. Ele falou que eu ia dar o menino dele e pensei: 'E a minha menina?'. Mas ele falou tão firme. Quando a gente soube que vinha o Rafa, os meninos adoraram e eu adorei. Não vou dizer que ser mãe de homem é fácil, não. Acho que as filhas se preocupam mais com as mães e os meninos são mais aquilo: 'Mãe, tá tudo bem? Tá bom' (risos)”, disse ela.

Cissa Guimarães se joga em cachoeira e mostra corpão
Cissa Guimarães emociona seguidores em homenagem ao filho

A famosa comentou ainda sobre sua rotina na quarentena.

"Está uma loucura. São 53 dias sozinha! Desses 53 dias, vi o meu filho Thomaz uma vez na portaria, outra pela janela e comecei a chorar. Estou morrendo de saudade. O João também veio aqui trazer umas compras. Thomaz, agora, está com Andrea e Aurora e foram para um sítio. Ele é cenógrafo e estava trabalhando no Big Brother. Fez o teste deu negativo, amém, senhor. Essa saudade imensa da minha família, dos meus amigos, do meu trabalho e da minha vida, que de vez em quando dói, tenho a minha consciência tranquila que estamos fazendo a nossa parte. Acalma um pouco a dor. Essa consciência do coletivo me acalma”, pontuou.

A vovó coruja disse como está driblando a saudade da neta.  

"Achei que ia passar mal, berrei tanto! A Aurora veio de parto normal, ela já nasceu olhando. Não sei o que falar. Essas coisas são imensas, não consigo definir, entendeu? Me lembro que saí correndo e pensei: 'Primeira vez que vou comprar um vestido'. Fui pra Paris e trouxe uma malinha só de coisas para Aurora, eu pirei. A Aurora olha no celular da minha nora e digo: 'Aurora!'. Ela olha meio assim. Cada vez que vejo ela crescer, as bochechas e as coxinhas crescerem… ai!", explicou.

Cissa explicou o que fará assim que a fase de isolamento social terminar.

"Vou sair dessa porta aqui, descer essa ladeira, vou agarrar a Aurora, o José, tenho até pena dessas crianças. Se tem uma lição que esse vírus está nos ensinando, além da solidariedade, é consumir menos. Por que consumir tanta bobagem que você não precisa? Espero que esse ensinamento seja soberano. Acho que a conscientização de cuidar do nosso bem maior, que é nosso planeta”, contou.

Com inúmeros trabalhos na teledramaturgia, a também atriz revelou se faria um novo projeto na área.

"Tudo depende do personagem, qualquer trabalho do ator depende do personagem. Já fui imensamente feliz, mas novela é uma obra aberta e, de vez em quando, você tem uma proposta e o script pode mudar. Tenho muita vontade, se tiver um personagem ou um autor que me chamar atenção. Adoro atuar!", concluiu ela.