Notícias às 16:40

Cleo abre o coração sobre relações tóxicas

Cleo posando para foto
Foto: Reprodução/Instagram

Além de atriz e cantora, Cleo agora também é escritora e fez sua estreia na Bienal do Livro no dia 6 de julho, com a obra “Todo Mundo Que Amei Já Me Fez Chorar”, da Editora Melhoramentos. O livro é uma parceria com a roteirista Tatiana Maciel e conta diversas histórias de relacionamentos tóxicos e abusivos, vividos por pessoas e em ambientes diferentes, inclusive na internet.

 Em entrevista à Marie Claire, Cleo falou sobre o livro e como se sentiu com o lançamento no evento. “Estava muito nervosa no caminho”, confessou a famosa. “Vejo como meu papel falar sobre o assunto, levantar debates e reflexões para que as pessoas que se encontram nesses relacionamentos, possuam ferramentas de informação para identificar. Mas a saída desse relacionamento é algo mais profundo”, declara Cleo. 

Leia+: Cleo e Leandro D’Lucca renovam votos de casamento. Confira!

Casada com Leandro D’Lucca, a autora ainda deu sua opinião sobre relacionamentos tóxicos, que, muitas vezes, acontecem sem que a vítima perceba o que, de fato, está acontecendo. “É um sentimento muito complicado, porque eu acredito que alguns relacionamentos tóxicos não foram por falta de amor. É exatamente o oposto. É demasiado, fora de proporção”.

Durante o bate-papo, Cleo ainda contou de onde veio sua inspiração para a obra e afirmou que, embora já tivesse um grande carinho pela literatura, tinha um certo bloqueio para produzir um livro: “Certo dia, estava desabafando no Instagram, refletindo sobre as experiências que tive com relacionamentos tóxicos, e recebi diversos relatos dos meus seguidores falando que haviam passado pelas mesmas coisas. Nesse momento percebi a importância de tratarmos cada vez mais sobre esse assunto, e a vontade de me aventurar na literatura reacendeu”. 

RELAÇÕES TÓXICAS

Logo depois, ao ser questionada se os relatos de relacionamentos presentes no livro foram todos vividos por ela ou Tatiana, a atriz responde: “Não necessariamente. São contos inspirados no que observamos ao nosso redor, um pouco, sim, do que já passamos, mas são situações que sabemos que muitas pessoas também vivem. O livro foi feito inteiramente sob a perspectiva que criamos, ao longo da vida, acerca de relacionamentos tóxicos, seja daqueles que foram nossos ou de pessoas próximas a nós, como familiares e amigos”.

Leia+: Cleo Pires divulga web série sobre relacionamentos tóxicos

Cleo ainda aproveitou sua resposta para enfatizar que relacionamentos tóxicos podem ir além de um romance e acontecer no trabalho, na família e até entre os amigos, como é retratado na obra: “Sim, e é de extrema importância que as pessoas reconheçam que a toxicidade em um relacionamento não está presente apenas na vida amorosa, mas em praticamente todo aspecto da nossa vida. Seja na família, no trabalho, ciclo de amizades… E isso sempre deixará marcas profundas. No entanto, muitas vezes é difícil reconhecermos que estamos nessa situação e mais difícil ainda é sairmos delas. É um sentimento muito complicado, porque eu acredito que alguns relacionamentos que foram tóxicos não foram por falta de amor. É exatamente o oposto. É demasiado, fora de proporção. E sabemos disso, sabemos que a pessoa nos ama e não quer nosso mal. Assim como a pessoa não identifica que está te machucando, porque genuinamente te ama. Então a gente aborda essa dualidade também, mas de forma leve”. 

Cleo também aproveitou o momento e o assunto abordado para desabafar e afirmou que já teve que lidar com diversos relacionamentos tóxicos em sua vida: “Eu já vivi relacionamentos tóxicos em todos os âmbitos da minha vida, ou seja, no trabalho, familiar, amoroso, de amizade… Alguns foram mais fáceis de identificar e outros nem tanto. Acho que depende muito do lugar de partida que esse relacionamento tem. Como falei, quando parte de uma relação que existe de fato amor, mas um amor desmedido, fica mais complicado. Quando é algo que identificamos que é uma relação narcisista, por exemplo, pode ser mais fácil de entender”.

Leia+: Cleo, Fiuk e Fábio Jr contracenam em novo filme da HBO Max

Por fim, a atriz falou sobre como foi a reação de sua família, amigos e fãs com sua estreia na literatura: “Minha família, amigos e fãs são grandes alicerces na minha vida. Tenho recebido muito carinho e apoio de todos eles, que percebem o quão feliz estou com esse projeto e tudo que ele significam para mim. Naturalmente, sempre haverá pessoas que não estão satisfeitas com aquilo que você faz. Nunca conseguiremos agradar a todos e não há problema nisso, contanto que você saiba olhar além das críticas e reconhecer o seu valor como artista. É sempre necessário saber distinguir as críticas construtivas daquilo que é, meramente, destrutivo”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!