Notícias às 19:00

Colin Farrell entra com pedido de tutela do filho de 17 anos

Reprodução/Instagram

Colin Farrell  entrou com pedido de tutela para seu filho James, de 17 anos, fruto de seu relacionamento com a modelo canadense Kim Bordenave. Os dois pediram na corte esse poder, porque o adolescente vive com uma condição rara conhecida como Síndrome de Angelman. 

A Síndrome de Angelman é uma doença genética que causa atrasos no desenvolvimento e afeta o sistema nervoso. A tutela permitirá que eles tomem decisões médicas e cuidem de James quando ele completar 18 anos em setembro. 

Também permitiria que Colin e Kim ficassem encarregados de encontrar moradia para seu filho, acessar registros confidenciais, negar consentimento de casamento, firmar contratos, dar consentimento médico e a capacidade de tomar decisões educacionais. 

O ator de 44 anos falou sobre o distúrbio genético de seu filho no passado, explicando que isso mudou completamente sua perspectiva de vida. 

Tutela

Um novo documentário sobre bastidores da vida de Britney Spears, principalmente com novos detalhes envolvendo a treta entre a cantora e seu pai, promete trazer outros fatos bombásticos à tona. A artista de 39 anos que trava uma luta judicial que seu pai deixe de ter poderes tutelares sob a fortuna arrecadada por ela em sua carreira. 

A nova produção, chamada de “The Battle For Britney: Fans, Cash and a Conservatorship” (A Batalha por Britney: Fãs, Dinheiro e Uma Tutela), estreia na BBC inglesa na semana que vem. 

Desta vez, Jamie Spears, o pai da cantora, afirma que a estrela pop sofre de demência. Ele reforça que esta informação inclusive consta nos autos do processo e seria o principal argumento em seu pedido para ser o tutor do patrimônio da filha. 

Jamie alega que a cantora não tem condições de assumir o controle de suas finanças. Os fãs garantem que isso é impossível, já que ela é capaz de aprender canções e realizar ensaios e apresentações.