Notícias às 10:00

Conheça Steven Yeun, candidato ao Oscar de Melhor Ator

Reprodução/Instagram

A partir da noite do dia 25 de abril o mundo saberá os ganhadores das estatuetas do Oscar 2021, mas enquanto isso, o que resta é torcer! 

Nesta semana, a Academia divulgou a lista dos indicados à premiação deste ano – com muitos títulos presentes nos serviços de streaming, diga-se de passagem. Entre as calorias há o filme Minari e o ator Steven Yeun. Ok. E daí?

O ator protagoniza o longa e consagrou-se como o primeiro astro asiático-americano a concorrer como Melhor Ator, uma categoria importante do evento. De The Walking Dead para o mundo!

Pela primeira vez nomeado ao famoso prêmio, Steven segue o legado deixado por Parasita, no ano passado, que foi o primeiro filme estrangeiro a ganhar a estatueta de Melhor Filme, e nós trouxemos algumas curiosidades sobre o artista para ficar de olho!

Oscar 2021: Confira a lista de indicados!

Veja!

 

The Walking Dead

Quando Steven Yeun foi para a faculdade, a atuação não era o objetivo pretendido. Ele se tornou bacharel em psicologia com uma especialização em neurociência na College Kalamazoo, no estado do Michigan. 

No entanto, durante a graduação ele ficou interessado pelo mundo da sétima arte e após a formatura, trabalhou em grupos de improvisação em Chicago e Nova York. Seu papeis de iniciação foram pequenos, como em Meu nome é Jerry e na série The Big Bang Theory, vivendo um velho colega de quarto de Sheldon (Jim Parsons).

Então, em 2010, o jovem apareceu na famosa série sobre apocalipse zumbi e guerras entre os humanos sobreviventes vivendo Glenn Rhee. A partir dali, o rosto do rapaz ficou conhecido até que deu tchau à série na sétima temporada, em uma cena tão impactante quanto nos quadrinhos.

Família

Em Minari, Yeun vive o pai de uma família sul-coreana que se muda para uma pequena fazenda no estado do Arkansas, Estados Unidos, em busca do sonho americano. O lar da família muda completamente com a chegada da sua avó astuta e desbocada, mas incrivelmente amorosa. É uma forma de homenagem do diretor Lee Isaac Chung à própria vivência.

Na vida real, Steven é de uma família sul-coreana que também foi para os EUA tentar uma vida melhor. Nascido na Coreia do Sul, ele mudou de país aos cinco anos de idade, primeiramente indo para o Canadá e depois para Michigan. Hoje, ele é casado com a fotógrafa Joana Pak desde 2016, com quem tem um filho: Jude Malcolm Yeun.

Oscar 2021: Saiba mais sobre os indicados a melhor filme

Nome real

Por viver nos Estados Unidos, ele acabou adotando um nome mais fácil para ser pronunciado em inglês – que acabou tornando-se o nome artístico dele. Tal nome, aliás, foi dado ao pais depois de encontrar um médico chamado Steven. Porém, seu nome coreano é  Yeun Sang-yeop (na cultura coreana, o sobrenome é apresentado antes do nome próprio para mostrar respeito à família e identificar de qual família a pessoa é).

Empresário

Steven deu aquela força ao irmão mais novo, Brian Yeun, que já trabalhava no ramo alimentício. Ao financiar o projeto, o ator garantiu a felicidade de Brian quando inaugurou o The Bun Shop, um restaurante em Los Angeles que oferece uma fusão gastronômica coreano-mediterrânea para seus clientes. Eles também têm um foodtruck de mesmo mesmo nome.

Formação nos palcos

Enquanto buscava seu espaço nas telas, Yeun fez parte de uma companhia de teatro: a Stir-Friday Night, fundada em 1995, em Chicago, por profissionais norte-americanos e asiáticos. O projeto tem como foco a comédia e outro aluno também conhecido é Danny Pudi, da série Community.

Grammy: Recorde de Beyoncé, shows… O que bombou no prêmio!