Notícias às 08:00

Courtney Love acusa seu ex-empresário de ameaças e assédio

Reprodução/Instagram

Courtney Love obteve na corte, uma ordem de restrição contra seu ex-representante Sam Lufti, que também foi empresário e namorado de Britney Spears no auge de sua crise pública em meados da década de 2000.

De acordo com o jornal New York Post, a viúva de Kurt Cobain acusa Sam de 'assediá-la por dinheiro através de telefone, mensagens de texto e e-mail', cujo conteúdo das mensagens foi chamado de 'sujo, desagradável e ameaçador'.

Agora as autoridades ordenaram que o empresário ficasse a quase 100 metros de distância da artista de 54 anos, de sua filha Frances Bean Cobain e sua irmã Jaimee.

O advogado de Courtney, Howard King, disse: "O aumento do assédio verbal e ameaças de Sam Lufti não deixou nenhuma opção a Courtney e sua família, a não ser buscar proteção. Os Cobains agradecem a ordem anti-assédio emitida pelo Superior Tribunal de Los Angeles contra o Sr. Lufti e os poderes concedidos à polícia para garantir que ele termine todos os contatos com a família".