Notícias às 20:10

“Cuidando das sequelas”, lamenta Joelma sobre a Covid-19

Reprodução/Instagram/Montagem

Nesta segunda-feira (29), a cantora Joelma usou a sua conta oficial do Instagram, para desabafar sobre a Covid-19, e as sequelas que carrega até hoje, depois de ter contraído a doença, em janeiro deste ano.

“Gente, deixa eu falar um negócio muito importante para vocês. Eu peguei Covid em julho e, até agora, eu estou cuidando das sequelas. No final de janeiro tive uma recaída. Agora, não sei se tive uma recaída ou se peguei de novo. Mas fiquei muito mal de novo, viu?”, comentou ela.

Na sequência, a artista deu mais detalhes nos stories.

“Conheço gente que não ficou com sequela nenhuma, mas conheço muitas pessoas que estão com mais meses do que eu, tipo 10 meses, e ainda estão cuidando de sequelas”, frisou.

Por fim, a musa do Pará deixou um recado muito importante aos seguidores.

“O negócio é sério, gente. O negócio é muito sério. Bora se cuidar, cuidar da alimentação, aumentar essa imunidade aí. Beijo e se cuidem, tá? Fiquem em casa! Se precisarem sair, usem máscara! Se cuidem direitinho”, concluiu.

Joelma sobre vida amorosa: ‘Estou curtindo meu momento’

Novo álbum

Começando 2021 com tudo, Joelma acaba de anunciar o lançamento do álbum Bateu Saudade. Em homenagem ao Dia da Saudade, 30 de janeiro, a artista escolheu um repertório super especial repleto de canções românticas que fazem parte dos seus 25 anos de carreira e que serão divulgadas em todas as plataformas digitais.

Além dos áudios, as nove músicas também contarão com videoclipes em um formato de show ao vivo gravado durante a pandemia no Quinta da Cantareira em Mairiporã/SP, local em meio a natureza e com um pôr-do-sol inspirador.

“Meus fãs me pedem há muito tempo para resgatar canções românticas, então escolhemos algumas para inspirar vocês; e aproveitamos uma de nossas lives para gravar e registrar esse momento tão especial. Espero que curtam muito, porque eu estou com muita saudade e fiz com muito amor", disse ela.

Joelma parabeniza sua filha primogênita: ‘Minha princesa’