às 09:41

Dado Dolabella supera briga com Luana Piovani

A Lei Maria da Penha, que protege mulheres contra a agressão de seus companheiros, fez com que Dado Dolabella conhecesse uma prisão, em 2008, quando foi acusado de agredir a então namorada, Luana Piovani. O tempo passou e o artista parece ter superado tudo isso.
 
Numa conversa franca com a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, Dado comentou a gravidez de Luana, que espera gêmeos.
 
"Quero energias boas para ela, que seja feliz e tenha força e amor para cuidar dos filhos", disse.
 
Dado se refere à atriz como "dona minha ex" e evita o assunto.
 
"Essa história é uma lavação de roupa suja e isso se faz em casa, não em público".
 
Vale ressaltar que o artista ainda foi condenado por xingar e escrever ofensas no carro da ex-mulher, Viviane Sarahyba, em 2010, logo após terem se separado. Ele ainda foi acusado de agredir um produtor da novela Vitória, da Record, no ano passado, o que resultou em afastamento da novela e rescisão do contrato com a emissora. 
 
Ao jornal, ele – que está casado há 4 anos com Juliana Wolter, mãe de sua filha Ana Flor, de 3 – garantiu que mudou e não se porta mais como um bad-boy.
 
"A vida é um processo de evolução, crescimento. Tenho gostado de ficar na toca com minha mulher e minha filha".

Dado ainda é pai de João Valentim e Eduardo, ambos de 5 anos.