Notícias às 09:10

Dany Bananinha precisará fazer outra cirurgia, após retirada de nódulo no seio

Reprodução/Instagram

Em uma sequência de vídeos postados em seus stories no Instagram, Dany Bananinha atualizou seus seguidores sobre seu estado de saúde. Recentemente, ela passou por uma cirurgia para a retirada de um nódulo no seio.

"Estou passando por um momento delicado de saúde. Eu fiz uma cirurgia e retirei um nódulo e uma lesão pré-maligna. Era como se fosse um cisto que estava entre a pele e a prótese. Uma coisa que é raro de acontecer e aconteceu comigo. Já estava com quase 8 centímetros e foi assustador", disse.

A assistente de palco do Caldeirão do Huck seguiu detalhando o que aconteceu e destacou que o seu maior desejo era pegar a filha, Beatriz, no colo.

"Foi retirado tudo o que deveria ser retirado e eu aproveitei e troquei as próteses porque já estavam encapsuladas.  Troquei por uma menor e estava super feliz com o tamanho e me recuperando super bem e estava muito ansiosa para ficar curada e pegar a minha filha no colo. Já tem quase um mês que não pego".

Dany, muito emocionada, contou aos seguidores que outro problema foi diagnosticado e ela terá que se submeter a uma nova intervenção cirúrgica.

"Infelizmente um dia antes de eu tirar os pontos, três semanas depois, a gente descobriu mais um probleminha. Eu vou tentar não chorar. Eu já chorei muito essa noite. Eu vou ter que operar de novo e retirar as minhas próteses e ficar 3 meses sem elas”, disse.

“Claro que já agradeci a Deus que poderia ser muito pior, é claro que eu quero a minha cura e que a minha saúde é o mais importante. Mas realmente isso mexeu muito comigo e me deixou muito triste”, afirmou.

“Eu não sei como vai ser depois que eu tirar porque eu não tenho mama e gordura no meu corpo pra poder retirar e colocar na minha mama", contou.

Dany Bananinha desabafa: ‘Já era para eu estar recuperada’

Momentos difíceis

 

Dany contou que sempre teve vergonha por não ter seios e por isso colocou as próteses.

“Eu não teria problema nenhum em fazer o explante. Acho o máximo as mulheres que conseguem fazer isso, se olhar e se sentir bem com o seu corpo, é o que eu quero pra mim, porque quando eu era adolescente, sempre fui muito magra, tinha o corpo muito seco, muito atlético, então eu não tinha peito nenhum”, disse.

“Eu tinha vergonha, só usava blusa fechada e quando coloquei a prótese mudou minha vida, minha autoestima foi lá em cima. Não sou de decotão, é uma coisa minha, com o espelho e não sei como vou receber isso”.

A artista não escondeu seu nervosismo diante da situação e destacou que não se trata de capricho.

“Estou um pouco assustada porque não tenho mama. Se eu conseguir ficar com um peitinho digno, eu não tenho problema em fazer o explante. Estou tentando me acalmar, pensar positivo. Fiquei muito abalada, a gente não manda no que a gente sente. As pessoas têm que ter sensibilidade. Não é besteira”, disse.

Dany finalizou enfatizando que tem passado por momentos muito difíceis desde sua gestação.

“Senti muita dor na recuperação da cesárea, senti muita dor pra amamentar, veio a Covid, depois veio essa cirurgia, poxa, três anestesias em menos de seis meses, duas geral, fiquei intubada, eu estou agoniada para ficar curada, recuperar a mina vida de alguma forma”, disse.