Notícias às 23:05

Deborah Secco avalia nova fase de novela: ‘Sequências ainda mais hilárias’

deborah-secco-fala-de-salve-se-quem-puder

Atriz revelou curiosidades da trama TV Globo/João Miguel Jr.

Depois das paralisações dos projetos de teledramaturgia da TV Globo, por conta do avanço da pandemia de Covid-19, Deborah Secco que protagonizava “Salve-se Quem Puder”, inédito folhetim das 19h, ao lado de Juliana Paiva e Vitória Strada, falou desse atual momento.  

Um ano depois, seguindo os protocolos de segurança, os atores da trama voltaram a gravar a história de Daniel Ortiz. A intérprete de Alexia Máximo falou ao site Quem, a insegurança de achar que não saberia interpretar a personagem novamente.

“É uma personagem de bastante composição. Eu ficava me perguntando, durante todo o isolamento motivado pela pandemia, como eu manteria a Alexia em mim. Mas foi impressionante, assim que eu encontrei as meninas, o João [Baldasserini], a Grace [Gianouskas], a Alexia voltou automaticamente”, contou.

Ainda em conversa com a repórter Beatriz Bourroul, a artista avaliou a nova fase da obra, após a retomada.

“O gancho para a segunda fase foi uma grande sacada. A segunda fase não deixa nada a desejar em comédia para a primeira. Ousaria até dizer que a gente tem sequências ainda mais hilárias. Realmente, foi um processo [de gravação] muito mais trabalhoso, mas acho que a gente vai conseguir entregar um resultado na mesma frequência. Todo mundo estava muito feliz. Será uma segunda fase muito potente e, melhor que a primeira”, definiu.

Adaptação em tempos de pandemia

A estrela da teledramaturgia brasileira revelou ainda curiosidades dos bastidores, sobre os protocolos nas cenas.  

“Tinham cenas que achava que seriam impossíveis de fazer e fizemos. Havia muitas cenas de ação e achava que seria impossível de fazê-las com o distanciamento. Pegava o roteiro e pensava: ‘Eles são loucos! Como a gente vai fazer isso com o protocolo?’. E deu tudo certo. O Daniel Ortiz não diminuiu as cenas de ação da primeira para a segunda fase. Quando a gente voltou a gravar, eu pensava que teria uma novela mais enxuta, não tão ousada. O autor continuou escrevendo tudo o que passava na cabeça dele e nossos diretores são verdadeiros gênios para gravar nessa pandemia. Sou fã de todos”, ressaltou.

Trio protagonista de Salve-se Quem Puder TV Globo/Divulgação