Notícias às 18:00

Denise Richards sofre a morte de cachorro de estimação

Reprodução/Instagram

O cachorro de Denise Richards morreu. A estrela de Real Housewives of Beverly Hills está de luto pela perda do cão de estimação, Henry, que faleceu no fim de semana, aos 15 anos.

Ao lado de uma série de fotos do adorável pug, Denise escreveu: "Ontem perdemos nosso amado Henry. Estou destruída e arrasada. Ele tinha 15 anos e esteve com a nossa família durante os bons e difíceis tempos … incondicionalmente".

A ex-mulher de Charlie Sheen também explicou que Henry era o último de seus cães a passar um tempo com sua mãe Joni antes de morrer em 2007, após uma batalha contra o câncer, e disse que o cão era 'especial'.

Ela acrescentou: "Ele foi o último cão de nossa família a conhecer sua Nana (minha mãe) e agora ele está com ela e seus irmãos que se foram antes dele. Ele é tão especial. Ele amava todos os cães, gatos, porcos, humanos, animais, ele nunca teve uma atitude mal-humorada com ninguém, a personalidade mais descontraída e, como todos os pais de pug sabem, a mais sensível (…) Henry … o céu é muito melhor com você, meu amor. Eu já sinto sua falta terrivelmente … nós amamos você, nosso garoto. Nosso lar nunca será o mesmo sem você.", lamentou a atriz de 49 anos.

Denise postou a foto de seu outro cão, Jasper, que aparece na imagem visivelmente triste pela perda do amigo.

 

Outro pet

 

A morte de Henry ocorre pouco mais de dois meses depois que Denise também lamentou a perda de outro cachorro chamado Louie.

Denise revelou em janeiro que Louie – que ela adotou há dez anos – faleceu, mas disse que estava agradecida por seu companheiro canino ter sobrevivido por tempo suficiente para que ela voltasse de férias para se despedir.

Ela escreveu nas mídias sociais na época: "Vim da Espanha para dizer adeus ao nosso Louie … fiz de tudo para mantê-lo aqui. Infelizmente para nós, era a hora de atravessar a ponte do arco-íris. Nós o resgatamos Há 10 anos e ele é um dos bebês peludos mais engraçados e animados.".

Richards continuou: "Eu estou muito agradecida por ele ter esperado até que eu chegasse em casa para que eu pudesse estar com ele. Eu sei que ele agora está com alguns de seus irmãos e sua nana (minha mãe), mas ainda dói. Louie, você é tão amado e vamos sentir muita falta. Obrigado por nos abençoar com seu amor incondicional e espírito efervescente e bonito".