Notícias às 00:00

Drew Barrymore vai passar por cirurgia estética?

Drew Barrymore
Drew Barrymore / Reprodução / Instagram /@drewbarrymore

Drew Barrymore confessou que não tem planos de fazer qualquer cirurgia plástica tão cedo. A atriz de 48 anos confessa que ainda não passou por nenhum procedimento estético invasivo para alterar seu corpo, e explicou o motivo por trás dessa decisão: sua “personalidade altamente viciante”.

Em entrevista à revista “People”, Drew, que é embaixadora da marca Garnier Nutrisse, falou o que pensa sobre a cirurgia plástica: “Não fiz nada e vou manter isso pelo maior tempo possível”, começou dizendo.

“Não tenho nenhum julgamento sobre quem faz qualquer coisa. Mas não me vejo recorrendo a isso… e estou ansiosa para ver como serei como uma bolsa de couro no futuro!”, brincou sobre seu envelhecimento.

Barrymore comentou que teme fazer uma cirurgia e não parar por aí: “Tenho uma personalidade altamente viciante, então me preocupo em continuar perseguindo isso, fazendo isso e aquilo. Isso me assusta, só por causa da minha própria abordagem das coisas… Então, estou esperando para fazer quaisquer alterações”, admitiu.

Sobre um exemplo de sua ‘personalidade viciante’, Drew explicou que já pintou o cabelo de tantas cores, que já nãp sabe mais qual é sua cor real de cabelo.

A atriz afirmou que aceita o envelhecimento como algo natural: “Isso significa que você está vivo, você está vivendo, e isso é uma coisa muito boa… Abraçar o envelhecimento é uma mensagem muito positiva e saudável. A saúde realmente entra em foco mais do que qualquer coisa quando há perigo. Se você tem saúde, pode se concentrar em muitas outras coisas, incluindo a beleza”, justificou.

Esta semana, entrevistando a Hilary Duff, que falou sobre como instrui o filho sobre ‘rejeição’, Drew lembrou de suas próprias experiências.

Ela explicou: “Tive uma relação tão bizarra com a rejeição tão cedo na minha vida que apreciei o que isso me deu, que foi pensar que havia espaço suficiente para todos e que ser competitivo era desnecessário porque realmente há espaço suficiente para todos.”

“Às vezes ainda é uma tarefa difícil”, respondeu Duff.

Drew continuou: “E as pessoas têm um espírito competitivo. Isso é uma coisa saudável. Entendi. Mas é estranho ser criança e você descobrir que não será você e pensar, ‘OK, tenho que descobrir como funciono com isso’”.

Notícias Relacionadas