Notícias às 10:00

Elton John é o novo amigo da família de Ozzy Osbourne

Reprodução/Instagram

Em uma nova entrevista à revista GQ, da qual é capa do mês, Ozzy Osbourne revelou que Elton John lhe telefona toda semana para saber se ele está bem.

O roqueiro contou à publicação que eles fizeram uma amizade durante o bloqueio do coronavírus, e depois disso toda semana ela passou a telefonar para sua esposa Sharon Osbourne para saber como Ozzy está.

"A cirurgia que eu fiz acabou comigo. E eu quebrei o pescoço em um acidente de moto em 2003, e quando curou, eu ferrei minha coluna, então várias coisas estranhas aconteceram comigo. Eu estava no palco e do nada senti uma pontada na lateral do meu corpo. Então numa noite, há 18 meses, eu fui ao banheiro no escuro e caí no chão. Eu disse, 'Sharon, estou no chão', e ela disse, 'Bom, então levanta!'. Mas eu não conseguia. Quando você tem 70 anos, as portas se abrem e tudo vai abaixo. Eu me livrei das coisas por um bom tempo… Toda semana Elton John liga para a minha esposa. Eu não sou de ficar amigo assim, mas ele se tornou um amigo da família", afirmou.

E Ozzy está tentando ao máximo se proteger durante a pandemia do coronavírus. Conversando com a revista depois de receber o prêmio Lifetime Achievement no GQ Men of the Year, ele acrescentou:

"Eu tento ao máximo. Se eu saio, uso máscara. Eu não gosto de usar máscara, então não saio muito. O produtor do meu álbum (Andrew Watt) pegou o vírus. Eu ligava para ele todo dia e ele disse que não conseguia dormir, porque assim que dormia parava de respirar. Ele não é a mesma pessoa… Ele é igual essas pessoas com experiência de quase-morte: ele se tornou mais cuidadoso com a vida. Mas minhas duas netas pegaram e não dava para saber que tinha algo errado com elas. Só deixou elas um pouco estranhas", revelou.

Elton John sobre saúde mental: 'Precisamos falar dela'
Elton John já foi pedido em casamento por Liza Minnelli

Biografia para adultos

Sharon Osbourne revelou que o filme sobre a vida do marido Ozzy Osbourne, em que eles estão trabalhando, não será permitido para menores. Ela assegura que a cinebiografia do roqueiro tem muita coisa importante e que só será apta para maiores de 18 anos.

"Não é como qualquer outra história", disse Sharon. “Não é como, 'rock & roll, louco', e 'agora sou avô!'… É muito mais do que isso.", justifica.

O projeto será classificado para maiores de 18 anos porque, segundo a apresentadora, eles querem mostrar tudo o que rolou de verdade nos bastidores da vida do polêmico cantor.

"Nosso filme será muito mais real", acrescentou Sharon. "Não queremos que seja estridente, limpo e tudo isso. Não o estamos fazendo para crianças. É um filme adulto para adultos.", justifica.

E se referiu sobre o filme Bohemian Rhapsody, que narra a vida de Freddie Mercury e seus companheiros de banda do Queen.

"Eu entendo porque eles fizeram um filme apto para menores, porque era para uma geração mais jovem… Foi completamente limpo … e levou a música do Queen para uma geração inteira que nunca tinha ouvido antes. Então, com isso, foi fenomenal. Mas eu não acho que foi um grande filme", justifica.