Notícias às 08:30

Em depoimento, Mariana Rios volta a negar ter feito festa com aglomeração

Reprodução/Instagram

Após ter sido alvo de fake News dando conta de que teria promovido uma festa com aglomeração, em sua casa, no Jardim Europa, bairro nobre de São Paulo, na última sexta-feira (05), Mariana Rios depôs na quarta-feira (10), por escrito, por conta do inquérito policial instaurado na 2ª Delegacia da Divisão de Crimes Cibernéticos da Polícia Civil de São Paulo.

No documento, a atriz negou que tivesse provocado aglomeração durante a pandemia. Mariana reforçou que preza a sua vida e a das outras pessoas, além de sempre ter respeitado as orientações das autoridades sanitárias.

Mariana Rios relembra perrengues antes de ser famosa

Luiz Flávio Borges D'Urso, advogado da artista, assinou a nota de defesa e enfatizou que Mariana, como figura pública, tem consciência de sua responsabilidade em dar bons exemplos e do cuidado que deve ter com suas atitudes e manifestações, pois sabe que pode influenciar pessoas, especialmente, os seus fãs.

Duas amigas da atriz, que estavam na casa dela na ocasião, também prestaram depoimento, anexados ao inquérito, para confirmar o conteúdo das declarações de Mariana.

Casa nova! Mariana Rios é a mais nova contratada da Netflix

Pedido de desculpas

Na última segunda-feira (08), Mariana Rios publicou um vídeo em seu Instagram para desmentir que havia realizado uma festa em sua casa em pleno período de restrições pela pandemia. Na ocasião, a atriz mineira disse que João Doria, governador do Estado de São Paulo, havia ido até a porta de sua residência após ter recebido denúncia de que ela estaria realizando um evento com aglomeração.

Segundo a cantora, Doria, ao constatar que não havia nenhum grande grupo reunido no local, pediu desculpas e foi embora. Mariana estava com mais três amigos escutando música e cantando no karaokê. Postagens falsas nas redes sociais relacionavam a suposta festa ao filho do governador.

Mariana Rios ri sobre suposto novo affair com sertanejo

"Proliferaram na internet incontáveis fake news contendo infindáveis mentiras, associando o nome de Mariana ao do filho do governador e, também, à suposta festa que teria ocorrido. O boato falso ganhou repercussão e proporções inimagináveis, gerando notícias baseadas em mentiras que lhe causaram diversos prejuízos, inclusive profissionais", detalhou a defesa de Mariana Rios.

A assessoria de imprensa do governo do Estado de São Paulo explicou que, na mesma rua, havia uma casa com som alto, mas não havia festa e nem aglomeração, e afirmou que o volume foi diminuído após a solicitação de Doria.

O governador de São Paulo entrou com queixa crime na polícia contra os responsáveis por um vídeo gravado da casa de sua vizinha Alessandra Maluf, que fica em frente à sua residência. A assessoria de Doria destaca que, nas imagens, uma voz feminina faz a falsa acusação de que seu filho estaria fazendo festa.