Notícias às 16:59

Emicida rebate Luciano Huck em fala sobre desigualdades

emicida-discordando-da-fala-de-luciano-huck-no-papo-de-segunda-gnt

Reprodução/Twitter

Emicida sempre foi bastante conhecido por seus posicionamentos sociais, não sendo diferente ao rebater Luciano Huck no “Papo de Segunda”, do GNT. O rapper compõe o elenco fixo do programa, que recebeu o apresentador de “Caldeirão do Huck” na última segunda-feira (07).

O comunicador, em dado momento, expôs sua visão política econômica e social, dizendo que o “capitalismo reduziu desigualdade”, sendo necessário trazer para a discussão as pessoas que compõe o grupo de 1% mais ricos da sociedade

Porém, Emicida discordou e rebateu Luciano Huck, afirmando: “Tenho minhas dúvidas quando escuto o Luciano falar desse convite ao 1% e da predisposição desse 1% participar da redistribuição de riqueza porque não faltaram conjunturas melhores para que esse 1% participasse da discussão e tomasse as rédeas”.

“Inclusive não uso a palavra ‘elite’, porque o significado é ‘o que uma categoria tem de melhor’. Se referir a pessoas que têm dinheiro somente como a elite da categoria humana parece que a pirâmide da humanidade é definida pelo acúmulo. A palavra correta para isso é burguesia, porque a diferença dessas pessoas para as outras é o dinheiro”, explicou o rapper.

Emicida explica sua posição bem-sucedida

Emicida ainda aproveitou para contar que muitas vezes tentam colocar os discursos dele em cheque por ele ser alguém famoso:

“Uma coisa que eu escuto muito quando vou fazer uma crítica a esse sistema é: ‘ah, mas você é um cara bem-sucedido’. Essa gratidão que as pessoas tentam impor a pessoas como eu, não houve um prontuário, protocolo ou cadastro que eu assinasse e dissesse: ‘eu escolho esse sistema econômico”, contou ele.

“Eu nasci dentro dele, tive que me debruçar, e infelizmente, pra cada Emicida que chega aqui, quantos vão pra vala?”, completou o cantor.

O posicionamento de Emicida foi bastante elogiado pelos internautas após rebater fala de Luciano Huck, que admiraram a coragem em discordar publicamente de um apresentador famoso, além de o fazer de maneira respeitosa.