Notícias às 07:05

Erika Januza sobre Amor de Mãe: ‘Trabalho que vou guardar com carinho’

Divulgação/TV Globo/João Cotta

Na noite desta sexta-feira (9) chega ao fim a novela Amor de Mãe, da TV Globo. Em conversa exclusiva com a reportagem de OFuxico, Erika Januza, que interpreta a personagem Marina na trama, comentou sobre a emoção nas gravações e ressaltou o trabalho em equipe.

Além disso, Erika também contou como tem passado o período de isolamento social, por conta da pandemia do coronavírus.

Confira a entrevista

OFuxico: O que Amor de Mãe representa em sua trajetória?

É muito emocionante ver este trabalho sendo finalizado. Desde o início, esta novela era um projeto muito especial para todos nós que estávamos envolvidos. Fomos surpreendidos pela pandemia no nosso caminho e o canal foi muito responsável em paralisar as gravações. Voltamos a gravar com um protocolo rígido de segurança, com diversas adaptações. Mesmo tendo que manter o distanciamento, sem poder nos abraçar, nós nos unimos neste propósito de finalizarmos a nossa história. É um trabalho especial e que vou guardar com muito carinho.

OFuxico: Sua personagem Marina voltou à cena de uma maneira triunfante. Conte mais…
Erika Januza:
Marina sempre batalhou muito. Ela lutou muito para conquistar esse reconhecimento profissional, então, foi muito merecido ela ter essa volta. Ela é apaixonada pelo esporte, sempre teve que conciliar o trabalho com os treinos, a vida real de muitos que sonham em ser atletas mas não tem condições. Eu fico feliz de ver que ela conquistou o espaço dela. 

OFuxico: Como você tem conseguido manter o equilíbrio nesses dias de novo isolamento social?
Erika Januza:
Eu tenho ficado em casa, bem quietinha. Sei que isso é um privilégio, porque nem todo mundo pode. Mas quem tem essa possibilidade, precisa contribuir. É difícil manter o equilíbrio quando você vê a nossa realidade, com o número de mortos aumentando e as desigualdades também. Minha casa é o meu refúgio. E eu sou uma mulher de muita fé. Sou católica. Eu rezo todos os dias. E isso é algo que me ajuda muito. Confio em Deus, peço para ele olhar por nós e ajudar a todos que estão precisando. Rezar é algo que me equilibra. Tenho os meus bichinhos em casa, que também são muito importantes nesse momento. Eles são grandes companheiros.

OFuxico: Com a curva ascendente da pandemia, medidas de isolamento ganham maior rigidez. Quem faz parte do seu convívio diário?

Meu namorado. Minha família mora no Rio de Janeiro. Eu sou de Minas Gerais. Minha mãe atualmente mora na Bahia, então, ficamos sem nos ver. Sinto uma saudade enorme. Eu não sei o que é pegar um avião há muito tempo. Mesmo! Estamos vendo o quanto esse vírus é grave e precisamos nos cuidar e ajudar os profissionais de saúde, que estão trabalhando incansavelmente todos os dias. 

OFuxico: Com quem conversa e mantém uma rede de apoio para superar os momentos difíceis?
Erika Januza
: Eu converso muito com meu namorado, com a minha mãe por telefone ou chamada de vídeo. Amigos também por chamada de vídeo. Isso é o que a tecnologia tem de bom, ela consegue nos aproximar, mesmo com a distância física. Tenho uma troca muito legal também nas minhas redes sociais e recebo um carinho gigante. Tudo isso ajuda. Apesar de não estar com a minha mãe, somos muito ligadas. Estamos sempre em contato. 

OFuxico: Já tem projetos para o futuro? O que pode adiantar?
Erika Januza:
Sim, eu já tenho novos trabalhos pela frente. O que posso contar, por enquanto, é a segunda temporada de Arcanjo Renegado, que foi um trabalho que eu amei fazer e bem especial também. Vamos continuar contando essa história. E, mais para frente, eu conto as outras novidades (risos).