Notícias às 17:50

Esposa de Alec Baldwin quebra o silêncio sobre tragédia

Alec Baldwin e sua esposa Hilaria
Foto: Reprodução/Instagram/@hilariabaldwin

A esposa de Alec Baldwin, Hilaria Baldwin, finalmente quebrou o silêncio e deu um depoimento lamentando a morte de Halyna Hutchins, a diretora de fotografia do filme Rust, após seu trágico falecimento no set.

“Meu coração está com Halyna, seu esposo e seu filho. Com sua família e seus entes queridos. E com meu Alec (…) Dissemos que ‘não há palavras’ porque é impossível expressar o choque e a dor de um acidente tão trágico. Tristeza. Perda. Apoio”, escreveu Hilaria, de 37 anos, em um post no Instagram na segunda-feira, dia 25 de outubro.

O comentário da instrutora de yoga surgiu dias depois da triste notícia de que Alec, de 63, disparou uma arma cenográfica, matando Hutchins e ferindo o diretor do filme, Joel Souza.

Veja+: Alec Baldwin cancela próximos projetos

Toda a família do ator tem demonstrado seu apoio e solidariedade com os familiares de Halyna.

Uma fonte contou à revista In Touch que Alec Baldwin prometeu apoiar em tudo a família, e se sente com o ‘coração em pedaços’ com essa tragédia.

A INVESTIGAÇÃO CONTINUA

O assistente de diretor Dave Halls, que foi quem entregou a arma carregada com uma bala real para Alec Baldwin, no set do filme Rust, que acidentalmente matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins e feriu o cineasta Joel Souza, está sendo investigado pelas autoridades.

De acordo com os documentos do tribunal, o homem alega que não sabia que a arma continha munição real. Ele entregou a pistola a Baldwin e disse ao ator que era seguro atirar com ela.

No entanto, novas alegações e detalhes estão surgindo sobre David Halls, incluindo uma queixa de 2019 contra ele, que foi demitido da produtora Blumhouse Television naquele ano, e não voltou a ser contratado por ninguém durante esse tempo.

Embora a produtora não tenha esclarecido porque o demitiu em 2019, uma fonte revelou ao site Deadline que Halls foi acusado na época, por membros da equipe da série Pure e Culture Shock, onde trabalhava, de ser uma pessoa ‘agressivo e intimidadora’.

Veja+: Filha de Alec Baldwin defende o pai

“Uma reclamação focada em seu comportamento pessoal foi registrada por falta de respeito ao espaço por parte de companheiros de equipe e outros colegas de trabalho. Halls foi descrito como ‘muito agressivo e intimidador’ no set por uma fonte próxima à produção.”, contou o informante à revista People.

Também houve reclamações de problemas de segurança na série Pure, embora não estivessem diretamente relacionados com Halls.

“Todas as reclamações que o estúdio recebeu sobre questões de segurança foram tratadas imediatamente naquele momento”, acrescentou um porta-voz da Blumhouse, sem dar maiores detalhes.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:
Zé Vaqueiro e Ingra se casam, fazem festança e não convidam a mãe do cantor
Segredo de ‘beijo grego’ em ‘Verdades Secretas 2’ é revelado
Antônia Fontenelle revela destino de cachê de ensaio nu
Gui Araújo, Jade, João Guilherme, Anitta… Entenda tudo sobre a polêmica!
Após promessa de ressurreição, mulher impede enterro do marido por três dias