Notícias às 17:50

Ex-engenheiro de som dos Beatles diz que Let It Be é ‘um monte de lixo’

Reprodução

Mais uma polêmica para os beatlemaníacos. Dessa vez, é o engenheiro de som Glyn Johns, convidado para trabalhar no último disco dos Beatles, Let It Be, de 1970, que decidiu revirar o passado e disparar críticas.
 
Em entrevista ao jornal The New York Times, o profissional disse que o álbum é “um monte de lixo”. Ele ainda confessou ter ficado decepcionado pelo fato de John Lennon ter repassado o projeto para o produtor Phil Spector.
 
“Eu fiquei desapontado por Lennon entregar o projeto para Spector e mais desapontado ainda com o que Spector fez com ele. Não tem nada a ver com os Beatles. Let It Be é um monte de lixo. Nunca escutei o disco inteiro, só ouvi trechos de algumas músicas e disse: ‘ah, esqueça’…”, disparou.
 
A ideia original de Johns era atuar ao lado de George Martin, o “quinto Beatle” e criar faixas que soassem mais cruas, sem “overdubs”. O colega decidiu abandonar o projeto e Spector, quando assumiu, mudou a sonoridade original, empregando sua técnica de “parede sonora”.