Notícias às 13:00

Ex-noiva de Gabriel Diniz anuncia missa em homenagem ao cantor

Reprodução/Instagram

Gabriel Diniz estava bombando por todo o Brasil com seu hit “Jennifer” quando sofreu um acidente de avião no ano de 2019 e acabou morrendo.

O luto no Brasil foi imensurável, principalmente para amigos e familiares, como Karolina Calheiros, a ex-noiva do cantor sertanejo.

Por meio de seu perfil oficial no Instagram, a jovem anunciou que será realizada uma missa em homenagem ao cantor no Youtube.

“Mais um ano de saudades, porém mais um momento para sermos gratos e expressarmos a importância dele para nós! Deus é com nosso Gabriel”.

“E em sua memória, convidamos todos vocês para a celebração da missa de 2 anos de saudades, que será transmitida ao vivo no Instagram @gabrieldiniz e no canal do YouTube Gabriel Diniz Oficial, devido às restrições atuais! Sempre juntos em oração”, detalhou ela.

Na arte de acompanhamento da publicação, além da foto de Gabriel Diniz, é possível notar a frase “Eu fico olhando o tempo vendo as horas se passar. Quanto mais eu penso saudade me dá”.

Acidente de Gabriel Diniz ganha detalhes pela Força Aérea

Ao final de outubro do ano passado, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), finalmente concluiu as investigações sobre o acidente que matou Gabriel Diniz.

Segundo o órgão, foram as condições meteorológicas adversas e a indisciplina de voo dos pilotos Linaldo Xavier e Abrão Freitas que levaram à queda do avião na qual o artista viajava.

O Cenipa afirmou que os profissionais, que também morreram no acidente, tomaram diversas atitudes erradas e não avaliaram adequadamente os parâmetros de operação, decidindo prosseguir com o voo em meio a condições meteorológicas desfavoráveis.

Vale ressaltar que, Linaldo possuía habilitação de Avião Monomotor Terrestre (MNTE), entretanto, estava qualificado apenas para realizar voos em condições estritamente visuais, e ao voar nas condições citadas acima, “concorreu para a exposição da aeronave a elevado risco de acidente”, o que levou à queda do avião em Povoado Porto do Mato, em Sergipe.

Para conferir ao relatório completo, clique aqui.