Notícias às 18:15

Rainha com problemas financeiros! Prestação de contas aponta déficit de R$69 milhões nas contas da Realeza Britânica

rainha elizabeth de roupa vermelha

(Reprodução: Instagram)

A pandemia de Covid-19 no mundo trouxe dificuldades de diferentes tipos para todos. Além de sanitária, a crise também se tornou financeira, humanitária e dentre outras muitas questões. E se você pensa que a Família Real do Reino Unido se livrou disso , está enganado! Obviamente, a realeza possui uma riqueza de séculos e devido a isto não se abala tão facilmente, mas, mesmo assim, o ano de 2020 deixou um grande déficit nas contas da Rainha Elizabeth II.

O resultado da Prestação de Contas aponta que o Palácio de Buckingham teve um déficit em torno de R$69 milhões de reais. Isto porque grande parte da renda da Família Real também se dá pelo turismo em locais de visitação pertencentes a Coroa que, com a pandemia do coronavírus, tiveram de ser fechados. Estima-se que a queda de arrecadação com ingressos nesses locais foi superior a 50%.

Veja+: Archie, filho de Harry e Meghan, não será príncipe

Pela primeira vez, a organização resolveu tornar pública o balancete de contas reais da família, que também mostra que uma quantia de R$30 milhões foi destinada a William e Harry, dada por autoridade do Príncipe Charles.

No ano coberto por este relatório, nós realmente gastamos mais do que o nosso subsídio e a renda suplementar que ganhamos, com uma despesa líquida total de 607 milhões de reais, um aumento de 26% em relação ao ano anterior. Isso foi em grande parte impulsionado por um aumento significativo nas despesas com reservas de 147 milhões de reais para 269 milhões de reais, um aumento de 83% no ano“, explicou Sir Michael Stevens, o Guardião do Tesouro Privado da Coroa.

Como dissemos que faríamos, apertamos nossos cintos, cortamos custos em todas as áreas e conseguimos economizar para cobrir essa redução prevista na receita complementar. Essas reduções de custos não envolveram perdas de empregos, mas vieram de todas as áreas, incluindo o congelamento de salários e recrutamento de que falamos, reduções gerais nas áreas de viagens, limpeza e TI e uma redução na manutenção de algumas pendências de propriedades“, completou ele.

Veja+: Bombeiro relata quais teriam sido as palavras finais de Princesa Diana

Príncipe Harry e Meghan Markle registraram sites com o nome de Lilibet dias antes do nascimento da pequena

Pelo visto, o Príncipe Harry e sua esposa Meghan Markle querem exclusividade no que diz respeito ao nome de sua segunda filha, a pequena Lilibet Diana, que foi batizada em homenagem à bisavó (Rainha Elizabeth II, que recebeu o apelido de Lilibet ainda na infância) e à Princesa Diana, mãe de William e Harry.

Foi descoberto que antes mesmo da bebê nascer, os sites “LilibetDiana.com” e “LiliDiana.com” já haviam sido registrados pelo casal. A atitude deixou alguns súditos britânicos irritados, que estranharam a rapidez com que Harry e Meghan criaram os domínios exclusivos na web com o nome da filha. Para o público, isso supostamente mostrava uma certa preocupação financeira de Harry e Meghan com seu vínculo em relação a Família Real.

Representantes dos dois no EUA confirmaram a criação dos sites, porém ressaltando que isto é algo natural de figuras públicas e seus herdeiros. Enquanto algumas fontes alegam que Harry e Meghan não consultaram a Rainha para escolher o nome de Lilibet, outras afirmam que o casal pediu permissão para a soberana com antecedência. Do jeito que as coisas são tão burocráticas quando se trata da Realeza Britânica, a segunda opção é a mais provável, não é mesmo?