Notícias às 06:00

Fãs ficam preocupados com a saúde de Matthew Perry

Reprodução/Instagram

Depois do lançamento da reunião especial de Friends, os fãs da série começaram a especular sobre a saúde de Matthew Perry, pois no vídeo o ator parecia falar de maneira errática, o que alarmou alguns seguidores, que se questionaram se o ator estaria envolvido de novo em seus antigos vícios.

Agora um dos produtores de Friends esclareceu sobre a situação de Perry e seu estado de saúde, após os boatos de que ele teria tido um AVC recente.

Em uma entrevista à revista The Hollywood Reporter, Kevin Bright comentou que o ator está bem e animado:

“Conversei com [Matthew]. Foi ótimo vê-lo novamente. E o que as pessoas dizem é o que as pessoas dizem. Não tenho nada a dizer sobre isso, exceto que foi ótimo vê-lo. E eu acho ele muito engraçado no programa. Mas sim, acho que ele está bem. Ele parece mais forte e melhor desde a última vez que o vi, e animado para seguir em frente”, indicou o produtor executivo.

De acordo com fontes que falaram ao The Sun, Matthew estava falando daquela maneira no vídeo por causa de um tratamento odontológico de emergência.

"Matthew compareceu à reunião e membros de sua equipe disseram que ele passou por um procedimento dentário de emergência naquele dia", justificam.

Desde que saiu de Friends, o ator teve uma série de problemas de saúde. Em 2018, ele passou três meses se recuperando de uma cirurgia devido a uma perfuração gastrointestinal. Felizmente, Matthew se recuperou do incidente potencialmente fatal.

Batalha contra os vícios

Matthew Perry sempre foi muito franco sobre sua batalha contra o vício. Em uma entrevista de 2002 para o jornal The New York Times, MatthewPerry falou sobre beber e usar drogas durante seus dias de Friends:

“Eu tinha uma regra estranha de que nunca beberia em um set”, explicou Matthew. “Fui trabalhar em casos extremos de ressaca. É tão horrível se sentir assim e ter que trabalhar e ser engraçado (…) Não fiquei sóbrio porque queria. Fiquei sóbrio porque estava preocupado em morrer no dia seguinte. ”, relembrou na época.

Matthew esteve em duas clínicas de reabilitação  – uma em 1997 e novamente em 2001.