Notícias às 12:20

Fernanda Montenegro revela para quem daria o Oscar de 1999

Reprodução/Instagram

Ninguém mais, ninguém menos que Fernanda Montenegro foi a convidada da vez no Conversa com Bial, da TV Globo, exibido na madrugada deste sábado (28). 

Durante a entrevista, um dos assuntos foi a recente declaração da atriz americana, Glenn Close, que lamentou que a atriz brasileira não tenha vencido a premiação do Oscar de Melhor Atriz de 1999, em que Fernanda concorreu por seu papel em Central do Brasil e perdeu para Gwyneth Paltrow, em Shakespeare Apaixonado. 

Fernanda Montenegro 'esqueceu' que trabalhava com a família. Entenda!

Ao citar o acontecimento, Pedro Bial reiterou que também achou um absurdo a atriz não ter faturado o prêmio, e questionou se ela ficou contente com a declaração da americana.

Humilde, a veterana, de 90 anos, se mostrou contente com a declaração, mas revelou que, em sua opinião, o prêmio deveria ter ficado com a atriz australiana Cate Blanchett.

Fernanda Montenegro fala de vitalidade aos 90: ‘Pulsação adolescente’

“Eu acho que essa foi uma avaliação dela. Porque eu, por exemplo, teria dado o prêmio para Blanchett. Porque ela fez duas Elizabeths naquele ano extraordinárias. Duas. Não foi um filme, foram dois filmes. De uma forma maravilhosa”, afirmou. “Não é que meu trabalho não seja respeitado, não é isso, entendeu? Mas eu teria votado na Blanchett”, disse.

Fernanda Montenegro e Fernanda Torres são ovacionadas pelo público com estreia de Amor e Sorte

Além de Fernanda, Gwyneth Paltrow e Cate Blanchett, também estavam na disputa na mesma categoria Meryl Streep, por Um Amor Verdadeiro, e Emily Watson, por Hilary e Janeiro.

Confira!

 

 

Declaração de Glenn Close

Glenn Close é uma das maiores atrizes de todos os tempos de Hollywood, ficando muito marcada por ser a Cruella DeVil no live-action de 101 Dálmatas.

Frequentemente aparecendo no Oscar, a artista chegou a relembrar a participação de Fernanda Montenegro na premiação em 1999.

Em entrevista para a ABC News, ela falou do fato de que não acha possível comparar atuações, citando a derrota da atriz brasileira para Gwyneth Paltrow.

“Honestamente, eu nunca entendi como é possível comparar atuações. Eu me lembro do ano em que Gwyneth Paltrow ganhou da atriz incrível de CentraldoBrasil. Eu pensei: 'O que? Não faz sentido'”, afirmou ela.

Enquanto Montenegro concorria pelo seu papel em Central do Brasil, Paltrow foi indicada pela atuação em Shakespeare Apaixonado, que também ganhou na categoria de Melhor Filme.

O longa brasileiro conquistou em sua jornada de premiação oGlobo de Ouro, o BAFTA, além de três categorias no Festival de Cinema de Berlim, incluindo a de Melhor Atriz para Fernanda.

91 salves para Fernanda Montenegro, a dama da dramaturgia brasileira
Dia Nacional do Idoso: Famosos dão um show de jovialidade

Sucesso em Amor e Sorte

Em setembro, o especial Amor e Sorte estreou na tela da Globo com um episódio esperado pelos fãs, protagonizado por Fernanda Montenegro e Fernanda Torres. Mãe e filha. Gilda e Lúcia na ficção desse trabalho.

Gravado no sítio da família na serra do Rio de Janeiro, o projeto foi idealizado por Jorge Furtado que também assinou o texto do capítulo ao lado de Antônio Prata, Chico Mattoso e da própria Fernanda Torres. Além das duas, o filho mais velho de Torres, Joaquim Waddington – fruto do casamento com Andrucha Waddington -, faz suas aparições como um rapaz ao estilo hippie.

No episódio, uma é livre, que passou por períodos complicados no contexto político, gosta da bossa carioca e acredita que o álcool da caipirinha e o sol do Rio de Janeiro são capazes de 'acabar' com o vírus da Covid-19. A outra é uma executiva pronta para levar o trabalho para qualquer lugar enquanto vive a correria de São Paulo.

Com dois mundos tão divergentes, a relação entre elas estremeceu e a partir da pandemia e a quarentena, são obrigadas a conviver de forma intensa já que Lúcia decide viver um isolamento bem restrito.

A simplicidade do texto, as atuações fantásticas de ambas e até a parte de 'sabotagem' de Gilda para ficar mais com a filha foram as somas certeiras ao episódio que acabou comentado entre os internautas.

É a patroa e a filha da patroa, né?!

Perfil no Twitter enaltece o trabalho em conjunto de Fernanda Montenegro e Fernanda Torres

Aos 90 anos, Fernanda Montenegro mantém a aclamação do público em relação aos seus trabalhos