Notícias às 21:20

FKA Twigs processa Shia LaBeouf por abusos no namoro

Reprodução/Instagram/Divulgação

A cantora FKA Twigs, que se apresentou no Grammy 2020 como dançarina ao lado de Usher no tributo ao cantor Prince, entrou com um processo contra o ator Shia LaBeouf. Segundo a reportagem divulgada pelo The New York Times, FKA o aicusou por agressão e assédio sexual. O processo foi aberto no Tribunal Superior de Los Angeles, no Estados Unidos.

Gwyneth Paltrow odeia ter a vida privada exposta

Eles ficaram juntos por alguns meses entre 2018 e 2019 e foi nesse período em que Shia teria transmitido uma doença sexualmente transmissível de forma "consciente" para ela, como especificado no processo.

O ponto central da denúncia foi uma agressão sofrida por FKA, de 32 anos, em que ela afirma que o ex-namorado, de 34, dirigia de "maneira imprudente, removendo o cinto de segurança e ameaçando bater se ela não declarasse seu amor por ele". Quando a cantora saiu do carro, "LaBeouf a seguiu, agrediu e jogou-a contra o carro enquanto gritava com ela. Depois, obrigou-a a entrar novamente no automóvel."

Em outra ação atribuída a Shia, Twigs narra que foi acordada por ele sendo enforcada, além de relatar medo por sua própria vida com ele a colocando em risco diversas vezes. A artista também teria dito que o ator frequentemente deixava hematomas em seu braço e pulso pela maneira como a segurava e puxava durante discussões.

Nicolas Cage vai soltar muitos palavrões em série da Netflix

O processo ainda inclui acusações similares com autoria de Karolyn Pho, estilista e outra ex-namorada de LaBeouf que alega comportamento abusivo do rapaz no período em que estavam juntos.

"O que eu passei com Shia foi a pior coisa que já vivi, e eu acho que as pessoas vão ficar surpresas em perceber que aconteceu comigo. Mas essa é a verdade: pode acontecer com qualquer um", relatou FKA.

Atualmente, Shia promove o filme Pieces of a Woman, que chega na Netflix em janeiro.

Lado oposto

 

O The New York Times também ouviu SHia LaBeouf, o qual contestou os relatos da ex-namoradas e admitiu comportamentos agressivos enqwuanto lutava contra o alcoolismo. 

"Eu tenho sido uma pessoa abusiva comigo mesmo e com as pessoas ao meu redor por anos. Tenho um histórico de machucar aqueles que são mais próximos de mim. Sinto vergonha deste histórico, e peço desculpas àqueles que machuquei. Não posso dizer nada além disso", comentou ele.

Elton John vira Papai Noel em vídeo com a família