Notícias às 13:00

Foo Fighters e Liam Gallagher vão ao Rock in Rio Lisboa 2021

Reprodução/Instagram

Este ano, no mês de junho, aconteceria a nona edição do Rock in Rio Lisboa, que precisou ser adiada por conta da pandemia do novo coronavírus para 2021.

Porém, um dos dias do festival terão suas atrações mantidas, e o lineup que seria no dia 21 de junho de 2020 será mantido em 19 de junho de 2021, também no Palco Mundo.

Famosos internacionais que contraíram o coronavírus

Entre as atrações confirmadas para o novo ano do festival, temos Foo Fighters, The National e Liam Gallagher, que prometem uma noite inesquecível para o público.

Os fãs que já tinham comprado ingresso para o dia 21 de junho de 2020 (data inicialmente prevista para a atuação de Foo Fighters, The National e Liam Gallagher) terão o seu bilhete automaticamente válido para dia 19 de junho do próximo ano, não sendo necessária qualquer revalidação ou troca.

Indústria do entretenimento debate sobre retomada do setor em live

O mesmo aplica-se a todos os que adquiriram passe para o primeiro fim de semana de festival, que se mantém agora válido para os dias 19 e 20 de junho de 2021.

O Rock in Rio Lisboa 2021 será realizado nos dias 19, 20, 26 e 27 de junho, no Parque da Bela Vista. Serão dois fins de semana de muito entretenimento, união, sorrisos e alegria.

Rock in Rio Lisboa é adiado para 2021 por coronavírus

Conheça mais sobre o Rock in Rio

 

Consciente do poder disseminador da marca, o Rock in Rio pauta-se por ser um evento com o propósito de construir um mundo melhor para pessoas mais felizes, confiantes e empáticas num planeta mais saudável. Em 2001, reafirmou seu compromisso de mostrar às pessoas que pequenas atitudes do dia a dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos.

Liam Gallagher diz que pode ter contraído coronavírus em turnê

Em 2013, foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis. Gerou 212,5 mil empregos diretos e indiretos em todas edições, mais de R$ 97 milhões investidos em diferentes projetos, passando por temas como sustentabilidade, educação, música, florestas, etc. Os investimentos são provenientes da organização do evento e de parceiros.

Em 2016, foi a vez de anunciar o Amazonia Live, projeto do Rock in Rio que já garantiu mais de 73 milhões de árvores para a Amazônia por meio de doações individuais e de parcerias, através de projetos de restauração e plantação, como o Paisagens Sustentáveis da Amazônia. O projeto traz a importância das florestas para o equilíbrio climático mundial como tema para todas as edições do evento realizadas.

Anitta é confirmada no último dia do Rock in Rio Lisboa 2020

Além disso, o Rock in Rio desenvolve um plano de sustentabilidade no qual define medidas para a redução de emissões e inclui-se como parte de uma correta gestão de resíduos, eficiência energética, compensação de emissões, correto consumo de recursos e muito mais. Este plano é desenhado para a organização, patrocinadores e fornecedores, sendo aperfeiçoado a cada edição e utilizado até hoje em todos os países onde o Rock in Rio é realizado.

O Rock in Rio preza por atitudes positivas a qualquer hora e em todos os lugares. Para endossar este posicionamento da marca “Tod+s Por Um Mundo Melhor”, o festival se une a empresas que possuem este mesmo olhar e diretriz. A partir destas parcerias, uma série de ações se desenvolvem sempre pautadas pelo objetivo de adoção de práticas que pensem no coletivo.

Ivete Sangalo é confirmada no Rock in Rio Lisboa 2020
Rock in Rio: 5 curiosidades do Foo Fighters
Cantor gera polêmica após pedir afastamento dos fãs. Entenda!