Notícias às 12:36

Gil do Vigor aconselha Douglas Souza: ‘Amigo, vigora!’

(Foto: Reprodução/ Instagram)

Agora Douglas Souza pira! Depois de aparecer nos stories cantando músicas do novo álbum de Pabllo Vittar e passar a ser seguido pela drag queen, de quem é mega fã, o ponteiro da seleção masculina de vôlei foi “notado” por Gil do Vigor. Ao acordar nesta quarta-feira, dia 21 de julho, o pernambucano postou os primeiros stories do dia exaltando o atleta que está em Tóquio.

“Gente, acordei agora, bom dia. Já comecei o dia muito alegre, o Douglas Souza, maravilhoso, te amo, que pessoa incrível! Te amo! Amigo, vigora! Vogora que você vai ganhar tudo!”, aconselhou o economista.

Alegre e irreverente, além de ser o único atleta do vôlei masculino assumidamente LGBTQIA+, Douglas é o Gil do Vigor do vôlei e foi chamado pelo ex-BBB João Luiz Pedrosa de “Juliette das Olimpíádas”. Isso porque a popularidade do atleta não para de crescer desde que ele começou a postar vídeos de bastidores no Japão.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

REDES SOCIAIS BOMBANDO

Da mesma maneira que Juliette arrasou na popularidade nas redes sociais, saindo de menos de dez mil seguidores para atuais 31,7 milhões de cactos, como são chamados os fãs da paraibana, Douglas Souza, de 25 anos, viu em 24h seu perfil no Instagram mais do que triplicar. Seus stories já beiram um milhão de visualizações e ele caiu no gosto da galera. Um post a cada dez postagens em qualquer rede social, cita o atleta, que tinha atéo fechamento desta matéria 969 mil seguidores.

Homossexual assumido, o atleta é o carisma em pessoa, tal qual Gil do Vigor se mostrou desde que pisou na casa do “Big Brother Brasil”. A popularidade de Douglas Souza deixou ele mesmo espantado. Ao acordar por volta das 7h da manhã, no Japão, 19h no Brasil, na terça-feira, dia 20 de julho, para mais um treinamento antes da estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ele se deparou com a “fama repentina”. Eram tantas notificações, novos seguidores, comentários e citações que o jogador de vôlei ficou incrédulo.

Veja+: Confira a chegada de Rayssa Leal, a mais jovem atleta brasileira, em Tóquio

“Mano, o que está acontecendo?”.

“Você sendo você e o Brasil acompanhando”, disse Sheila, bicampeã olímpica, dando a resposta certeira.

Bruno Chateaubriand, que era ginasta, endossou e ressaltou a importÂncia de Douglas em Tóquio.

“O nome dele é sucesso! Juliette que se segure porque o Douglas vai quebrar o Instagram nessa Olimpíada. O movimento que ele está fazendo nas redes sociais já mudou tudo, quebrando paradigmas. Ele brinca de um jeito descontraído, a leveza, traz informação. É um atleta de vôlei num ambiente que por muito tempo foi assumidamente machista e ele, com a orientaçao sexual dele, é feliz”, disse Bruno.

“A gente só se preocupa porque ele tem que se focar, mas tenho certeza de que ele vai focar e brilhar muito. Fico imaginando que toda a comunicade LGBTQIA+ vai querer assistir o Douglas. Ele representa hoje milhares de meninos que soham em se tornar campeões e sempre viam o ambiente muito machista. Dougas ele está provando que não”, comentou Chateaubrinad em uma sequência de vídeos.

Irreverente e apaixonado pelo namorado, Gabriel Campos, escreveu uma mensagem agradecendo por ter sido seguido por famosos como Tatá Werneck.

“Gente, a Tatá me seguiu no Instagram. Eu tô sem chão! Tatá eu te amo!”.

Depois festejou ter sido repostado por Camilla de Luca.

“Ela sabe que eu existo”.

CAMA DE PAPELÃO

Assim que conheceu o quarto que dividirá com o jogador Maurício Borges, apelidado por ele de Jorges, na Vila Olímpica, Douglas deu pulos na cama para testar a resistência do material. Na Olimpíada de Tóquio, pautada pela sustentabilidade, a cama é feita de papelão reciclado. Ele sambou em cima dela e ainda reclamou da altura do chuveiro, muito baixa para alguns do time de vôlei.

Veja+: Fadinha do skate recebe apoio de Juliette Freire nos Jogos Olímpicos de Tóquio

“Gente, vocês viram que quase quebrou a cama? Que fez um ‘trec’. Eu tô muito em choque. Eu tinha certeza que só a minha ia fazer isso. Tinha muita certeza. Ainda bem que não quebrou. Deu certo. Deu pra sambar, deu pra quicar. Não, mentira. Mas vocês entenderam, cama super aprovada. Aguenta mais de 200kg”, comentou o ponteiro em um vídeo publicado nos stories.

Douglas prometeu fazer um diário de bordo em seus stories e já causou também na imprensa de Tóquio. Em uma entrevista local, ele falou sobre a viralização de seus posts.

“A rede social é uma ferramenta muito positiva para trazer os fãs para mais próximo da gente. Todo mundo está querendo saber como é a vila, como é o quarto, como é o ginásio, porque não vão poder estar ali torcendo para a gente como antes. Também aproveito para mostrar um pouco mais de mim também, conversar um pouco mais com a galera e ficar um pouco mais próximo de todo mundo”, disse.

REPRESENTATIVIDADE IMPORTA

Magro e muito alto – ele mede 1,99m! – Douglas Souza declarou que que espera inspirar pessoas “fora do padrão”, e também por ser o primeiro homossexual assumido dentro do vôlei que conseguiu jogar em alto nível. 

“Quero ser um espelho de pessoas para o padrão. Sou fora do padrão. Sou também extremamente magro e isso assusta no nosso meio. Se eu, um garotinho magrinho, pequeninho do interior de São Paulo conseguiu, você também vai conseguir. É assim que eu quero ser lembrado ”.

Veja+: Yasmin Brunet foi vetada das Olimpíadas

Campeão olímpico em 2016, o atleta se destacou já na coletiva virtual organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil, dias antes de embarcar para Tóquio. Na ocasião, o ponteiro da seleção de vôlei falou sobre representatividade, uma vez que é LGTBQIA+.

“Somos pessoas iguais, não queremos ser melhores que ninguém. Nós só queremos nossos direitos. Queremos ser tratados da melhor maneira possível, assim como todo mundo. Eu sou a prova viva de que um LGBT pode jogar no esporte de alto nível, assim como qualquer pessoa hetero” disse.

Veja+: Globo demite cinegrafista acusado de assédio, nas Olimpíadas de Tóquio

“Precisamos levantar essa bandeira em busca de igualdade, e é isso que a gente vem fazendo no meio do esporte. Infelizmente ainda engatinhamos nesse momento, mas vamos evoluindo ano após ano”.

Aos 25 anos, ele está contratado para jogar na Europa, no Vibo Valentia, da Itália. Em suas redes sociais Douglas esbanja irreverência e carisma. Ele ainda tem um canal no YouTube, no qual fala de games e de sua vida pessoal. Inclusive, gente, o “Big Brother Brasil 22” vem aí, né?  

Veja +: Brasil estreia com o pé direito em Tóquio e seleção feminina de futebol marca 5 gols

Veja +: Saiba que é a jovem atleta de skate que está causando em Tóquio