Notícias às 00:15

Há um ano morria Paulo Gustavo. Veja tudo o que aconteceu após a partida do ator

Há um ano morria Paulo Gustavo
Reprodução/Instagram@paulogustavo31/Divulgação

Há exatamente um ano, o Brasil perdia um dos maiores talentos da comédia. O ator e comediante Paulo Gustavo morreu às 21h12 do dia 4 de maio de 2021, vítima de complicações da covid-19. Foram meses de luta contra a doença e muita apreensão. Nas redes sociais, amigos e familiares pediam correntes de orações pela vida do ator.
Na época, o país ainda não havia comprado vacinas para a população. Thales Bretas, viúvo de Paulo, chegou a dizer que os dois tentaram comprar o imunizante no exterior, mas não tiveram sucesso. Ele ainda afirmou que o companheiro tinha medo de contrair a doença, e quando a pandemia estourou no Brasil, ele até fez um vídeo falando sobre o assunto. A gravação viralizou após a morte dele. A seguir, um compilado de fatos e homenagens que Paulo Gustavo recebeu no último ano. Confira!

Leia+: “Tento manter vivo”, diz Thales Bretas sobre morte de Paulo Gustavo

Último post de Paulo Gustavo no Instagram, feito, coincidentemente, no dia de sua internação. Ator comemorava mais um aniversário do marido, o médico dermatologista Thales Bretas

HOMENAGENS

De lá para cá, foram muitas as homenagens ao artista. A mais recente aconteceu neste Carnaval de 2022. A São Clemente levou para a Marquês de Sapucaí o enredo “Minha Vida é Uma Peça”, contando a vida de Paulo Gustavo, desde a infância e juventude em Icaraí, Niterói, de onde ele partiu para empreender sua intensa carreira artística. Familiares e amigos mais próximos do ator compareceram em peso na passarela e juntos cantaram: “Dona Hermínia mandou avisar que pode brincar na avenida e dizer no pé. Mulher com mulher, tudo bem. Homem com homem, também. O negócio é amar alguém”.

Foto: Graça Paes/ Ag News

Nesta quarta-feira, 4 de maio, o canal Multishow, do qual o ator fazia parte do elenco fixo, destacará um dia inteiro dedicado a ele. A partir das 7h, o canal exibirá pílulas com a família e os amigos, como o viúvo Thales BretasLuciano HuckAngélicaFiorella MattheisDidi Wagner e Carol Trentini. Todos vão contar histórias que viveram com o saudoso humorista.

Globo/João Miguel Júnior/Divulgação

A partir das 12h30m, o Multishow também fará uma maratona de episódios dos humorísticos “Vai Que Cola”, “220 Volts”, “A Vila” e “Ferdinando Show”. Serão seis horas de duração. O dia de homenagens será encerrado às 22h15 com um especial do “Vai Que Cola”, intitulado como “O Grande Golpe do Valdo”, personagem que o comediante interpretava no seriado.

Ao longo deste ano, diversos artistas relembraram e se emocionaram com a falta de Paulo Gustavo. A lista é enorme. Durante a apresentação do prêmio “Melhores do Ano”, em janeiro deste ano, Tatá Werneck falou do amigo após receber o Troféu Paulo Gustavo na categoria de humor.

Tatá Werneck e Paulo Gustavo
Reprodução/ Instagram

“Aproveito o espaço para falar algo que o amigo sempre planejou dizer, mas não teve a oportunidade. Eu quero falar do Paulo Gustavo. Eu trocaria qualquer prêmio para estar concorrendo a algo com o Paulo e perdendo para ele, porque ele era o melhor! E ele sempre dizia que se ganhasse, falaria sobre a importância do humor, porque o humor é discriminado, como ele é visto como o primo pobre da interpretação, como se nunca fosse o suficiente. É como se você fizesse humor e sempre ficava faltando alguma coisa. E nesse momento, que a nossa cultura é tão criticada, jogada de escanteio, pouco incentivada. Esse prêmio eu dedico às pessoas que continuam fazendo arte. E ao Paulo Gustavo, esse prêmio certamente é seu, eu vou só guardar!”, disse.

foto do cartaz em homenagem a paulo gustavo na parada gay de NY
Reprodução: Instagram

Em junho de 2021, Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, se emocionou ao ver uma homenagem para o ator durante a Parada Gay de Nova York, nos Estados Unidos.

Ju recebeu uma foto enviada pela famosa figurinista Claudia Kopke, que mostrou um cartaz exibido no evento com as seguintes frases ao lado de uma foto de PG: “Diga o nome dele, Paulo Gustavo”. A irmã do ator compartilhou a foto em seus stories ao lado de um emoji chorando. Ela também escreveu, emocionada com a homenagem: “Meu Deus.”

MARIDO E HERDEIROS

Paulo Gustavo partiu, mas deixou um pouquinho do que era dele para os fãs: o marido, o médico dermatologista Thales Bretas e os filhos, Romeu e Gael, hoje, com 2 anos e oito meses. Na terça-feira, 3 de maio, Bretas falou dos herdeiros à apresentadora Ana Maria Braga, no “Mais Você”.

Reprodução/Instagram@thalesbretas

“Eu introduzo [a figura do Paulo], tento mostrar vídeo, foto, mas sinto que é uma coisa que ainda não tá clara pra eles”, começou Thales Em seguida, o médico falou mais sobre os sentimentos do filho Romeu: “O Romeu era muito apegado no Paulo. O Paulo passava, Romeu começava a chorar querendo ir pro colo dele. Sinto que quando eu comento do papai Paulo e falo que agora ele tá no céu e é uma estrelinha olhando pra gente, ele muda de assunto, sai de perto, sinto que ele se incomoda de alguma forma”.

“Mas eu tento manter vivo e acho que um dia eles vão entender que o pai sempre foi uma estrela e agora está no céu, brilhando, por eles e pela gente”, afirmou o viúvo. As redes sociais guardam muitas imagens de Paulo Gustavo com os filhos.

DIA DO HUMOR

Paulo Gustavo ganhou uma bela homenagem póstuma. No dia 30 de outubro do ano passado, data do aniversário do ator, foi oficialmente o “Dia do Humor” no estado do Rio de Janeiro. A criação da data foi uma sugestão do Multishow com o apoio da família do artista.

O governador Cláudio Castro sancionou a lei no dia 25 de outubro, e a decisão foi confirmada no dia seguinte pelo Diário Oficial. A norma menciona frase imortalizada pelo artista: “Rir é um ato de resistência”.

Marcelo Médici, Cacau Protásio, Samantha Schmütz e elenco com painel em homenagem a Paulo Gustavo
Reprodução/Instagram @marcelomedici

LEI PAULO GUSTAVO

No dia 24 de fevereiro deste ano, Câmara dos Deputados aprovou a Lei Paulo Gustavo, que tem como objetivo a aplicação de recursos financeiros na cultura brasileira. O projeto de lei determina que a União repasse R $3,8 bilhões a estados e municípios para aplicação em ações de socorro ao setor cultural, afetado pelas restrições adotadas durante a pandemia do novo coronavírus. Foram 411 votos favoráveis à proposta e 27 contrários ao texto-base do projeto.

No entanto, em abril deste ano, a Secretaria-Geral da Presidência revelou que o presidente da república, Jair Bolsonaro, vetou o projeto de lei. Em fevereiro, quando passou pela Câmara, foi modificado e, por isso, retornou para análise dos senadores. Em março, foi aprovado novamente pelo Senado e enviado para sanção presidencial. Em tempo, vale frisar que o Congresso ainda pode derrubar o veto.

Selfie de Paulo Gustavo de chapéu e óculos escuro
Reprodução Instagram @paulogustavo31

RUA, PLACAS E ESTÁTUA

No dia 19 de maio de 2021, a cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, ganhou a Rua Ator Paulo Gustavo. Alteração do nome da via teve mais de 34 mil votos em consulta pública aprovada pela Câmara Municipal. Além de substituir a Rua Coronel Moreira, a instalação do novo logradouro veio junto à placas de frases marcantes ditas pelo humorista, inseridas em mais três esquinas da região. O conjunto foi classificado como “Circuito Turístico Cultural Paulo Gustavo”. 

Divulgação/Prefeitura de Niterói

A placa ganhou a seguinte inscrição: “Ator, humorista, diretor, roteirista e apresentador. Nascido e criado em Niterói, Paulo Gustavo sempre exaltou a cidade e a usou como cenário em seus trabalhos”.

Em novembro do ano passado, foram inauguradas duas estátuas em homenagem ao ator. Uma retrata o comediante; outra, sua personagem mais marcante, Dona Hermínia, inspirada em sua mãe, Déa Lúcia Amaral. Os dois monumentos ficam em Niterói, no Campo de São Bento, e têm 1,82 metro de altura.

Divulgação/Prefeitura de Niterói

JUSTIÇA FOI FEITA

Em meio à muitas homenagens, é lamentável imaginar que uma pessoa possa orar pela morte de outra. Ainda assim, a justiça prevaleceu. No final de abril, o Ministério Público Estadual (MP-AL) denunciou pastor José Olímpio, da Igreja Assembleia de Deus, por “crime tipificado no art. 20 da Lei 7.716/1989 praticar discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional- racismo”.

Pastor José Olímpio condenado por orar pela morte de Paulo Gustavo
Divulgação

José Olímpio havia feito uma postagem na internet afirmando que ia orar pela morte do ator e humorista Paulo Gustavo, quando o artista ainda estava internado em estado grave. Na decisão, no dia 25 de abril, o juiz Ygor Vieira de Figueirêdo disse que a conduta preconceituosa do pastor foi feita diante da orientação sexual do artista. Desde 2019 a Justiça brasileira equipara a homofobia ao crime de racismo.

Dona Déa Lúcia, mãe do ator, foi até as redes sociais para comentar a condenação. “Ele orou pela morte de meu filho e eu rezo para que ele viva bastante para se arrepender de seus pecados.”

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!