Notícias às 16:00

Halle Berry pode ser processada por ex

Reprodução/Instagram

Halle Berry pode enfrentar um processo por difamação de seu ex, Gabriel Aubry, pai de sua filha Nahla Ariela. Isso porque o modelo franco-canadense ficou irritado com seus comentários recentes sobre a pensão que ela paga a ele, e que ela chamou de "extorsão". 

Uma fonte da revista Star ressalta que Gabriel não descarta a abertura de uma ação judicial, pois sofreu ataques e ameaças em suas redes sociais depois que Berry criticou o pagamento da pensão. 

A atriz de 54 anos foi condenada a pagar a Aubry de 44 anos em 2014 US$ 16.000 por mês para apoiá-lo nos cuidados com Nahla, de 12 anos, e ela sugeriu que não acha os pagamentos justos, e pediu no tribunal que ambos os pais assumissem a responsabilidade financeira pelos seus filhos. 

Ela disse na época em suas redes sociais: "É preciso muita força todos os dias para pagar. E, por falar nisso, é errado e é extorsão! Estou pagando há uma década (…) é muito mais do que você precisa para ajudar a APOIAR a criança, eu acho isso errado!”, disse. 

"Eu entendo que alguns pais (homens ou mulheres) podem precisar de ajuda, mas também sinto que nos tempos modernos, tanto homens como mulheres, temos a responsabilidade de cuidar de nossos filhos financeiramente e de trabalhar duro e fazer o nosso melhor." 

Segundo o tabloide, Aubry perdeu alguns contratos de trabalho por causa dos comentários de sua ex. 

Reduz pensão!

Halle Berry finalmente teve uma vitória na corte em relação ao pagamento de pensão ao seu ex-companheiro Gabriel Aubry, pai de sua filha Nahla Ariela, de 13 anos. Segundo informação do site The Blast os pagamentos de pensão alimentícia foram reduzidos pela metade. 

A atriz de 54 anos estava pagando ao modelo franco-canadense US$ 16.000 (R$ 88 mil) por mês desde 2014, mas ela conseguiu renegociar os termos do acordo e agora entregará a Aubry somente US$ 8.000 por mês em um acordo que entrou em vigor dia 1° de março. 

Além disso, de acordo com a publicação, Halle também dará a Gabriel um pagamento de pensão retroativo de US$ 85.000 (R$ 470 mil) e pagará os honorários de seus advogados, de US$ 5.000 (R$ 27 mil). 

Como parte do acordo Halle Berry continuará pagando as mensalidades da escola particular de Nahla e seu seguro de saúde, e se sua renda anual exceder US$ 1,95 milhão (R$ 10 milhões) em qualquer ano, ela deve entregar um valor adicional para Gabriel. 

O ex-casal também concordou em resolver quaisquer disputas futuras com um juiz particular para evitar passar pelo sistema judicial e concordou em trocar informações sobre sua renda anual. 

O acordo aconteceu um mês depois de Halle – que também tem um filho de sete anos, Maceo, com o ex-marido, o ator Olivier Martinez – rotular os pagamentos de pensão alimentícia de "extorsão" e insistir que ambos os pais precisam assumir a responsabilidade financeira por seus filhos.

Soul vence o Oscar de melhor animação
Oscar: Colette é o Melhor Documentário Curta-Metragem
O Som do Silêncio ganha o Oscar de Melhor Som